Bomba de combustível tira vitória dos irmãos Ebrahim

A dupla paranaense largou em quarto, com Fábio na pilotagem

Um problema na bomba de combustível do Ginetta G58 tirou a vitória dos irmãos Wagner e Fábio Ebrahim nas Quatro Horas de Nova Santa Rita, disputada sábado no Autódromo do Velopark, valendo pela terceira etapa do Endurance Brasil.

ACIC OUTUBRO 2020

A dupla paranaense largou em quarto, com Fábio na pilotagem. A troca de pilotos foi feita na volta 72, quando Wagner assumiu a pilotagem na segunda colocação. Já em seu terceiro “stint”, Fábio foi para a troca de pilotos na 169, ocupando a segunda colocação. Wagner assumiu o comando e, na volta 195, chegou à liderança, mas, na volta 218, surgiu o problema na bomba, fazendo com que Wagner entrasse nos boxes para reparos. Ele voltou à pista em quarto na classificação geral. Com o carro rendendo bem, ele conseguiu recuperar uma posição e receber a bandeirada em terceiro na Geral e em segundo na categoria P1.

Resultado

Após quatro horas de prova e 233 voltas completadas, os dez primeiros da terceira etapa do Endurance Brasil 2020 foram: 1º) Henrique Assunção/Anderson Toso/Fernando Fortes (P1 – AJR), 233 voltas em 4h00m46s819; 2º) Marcel Visconde/Ricardo Maurício (GT3 – Porsche 911), a 3s458; 3º) Wagner Ebrahim/Fábio Ebrahim (P1 – Ginetta G58), a 17s212; 4º) Vicente Orige/Gustavo Kiryla (P1 – AJR), a 1m14s263; 5º) Tiel Andrade/Júlio Martini/Nelsinho Piquet (P1 – AJR), a 8 voltas; 6º) Leonardo Sanchez/Átila Abreu (GT4 – Mercedes), a 10 voltas; 7º) Sérgio Ribas/Guilherme Ribas (GT3L – Aston Martin), a 10 volta; 8º) Alexandre Auler/Guilherme Salas (GT4 – Mercedes), a 11 voltas; 9º) Flávio Abrunhoza/Lucas Foresti/Luiz Ferrari (GT4 – McLaren), a 13 voltas; e 10º) André Moraes Jr/Ricardo Rodrigues/Cássio H. Mello (GT4 – Mercedes), a 13 voltas.

A quarta etapa do Endurance Brasil está marcada para o próximo dia 31, com as Quatro Horas de Goiânia (GO).


Lewis Hamilton

O inglês Lewis Hamilton, da Mercedes, venceu o GP de Eifel, disputado domingo no Autódromo de Nurbrugring, na Alemanha. O holandês Max Verstappen, da Red Bull, conquistou o segundo lugar, ao passo que o australiano Daniel Ricciardo, da Renault, chegou em terceiro.

Recordista

Com a vitória de domingo, Lewis Hamilton chegou à sua 91ª vitória e se igualou ao recorde de vitória do alemão Michael Schumacher na Fórmula 1. Hamilton poderá se tornar o único recordista de vitória no GP de Portugal, a ser disputado no próximo dia 25.

Classificação

Com a vitória no GP de Eifel, Lewis Hamilton isola-se ainda mais na liderança do Campeonato de Pilotos e fica mais próximo do heptacampeonato, quando também se igualará a Michael Schumacher. Ele passou a somar 230 pontos, contra 161 de Valtteri Bottas, seu companheiro de equipe. Max Verstappen é o terceiro colocado, com 147 pontos.

ALEP Outubro e Novembro

Receba as principais notícias através do WhatsApp

ENTRAR NO GRUPO

Lembre-se: as regras de privacidade dos grupos são definidas pelo Whatsapp. Ao entrar seu número pode ser visto por outros integrantes do grupo.


Fale com a Redação