Cascavel – A Câmara de Cascavel promove na próxima sexta-feira (16) audiência pública sobre voto útil, com o tema “Cascavelense vota em cascavelense”. O objetivo do debate é discutir a importância de eleger o máximo possível de representantes de Cascavel nas eleições para deputado estadual e federal. O evento começa às 9h.

Proposta pelo presidente da Câmara, vereador Alécio Espínola (PSC), e pelo vereador Dr. Lauri (Pros), a audiência contará com a presença das associações representativas de comércio, indústria, órgãos de segurança, partidos políticos, representantes da saúde e educação, secretários municipais e vereadores.

“Em 15 meses serão realizadas novas eleições e Cascavel tem um grande potencial para eleger bons representantes na Assembleia Legislativa e na Câmara dos Deputados”, afirmou Alécio Espínola.

Cascavel tem 223.090 eleitores e conta hoje com quatro representantes da Assembleia Legislativa do Paraná: os deputados Coronel Lee, Márcio Pacheco, Gugu Bueno e Professor Lemos, e dois deputados federais, Evandro Roman e Hermes “Frangão” Parcianello. Em legislaturas anteriores, os cascavelenses já conseguiram eleger cinco deputados estaduais e quatro deputados federais.

Como representantes da região, os deputados conhecem as principais necessidades da cidade, podem defender bandeiras específicas, fiscalizar obras e investimentos, intermediar parcerias e trazer recursos para obras e ações com emendas parlamentares. Além disso, representantes de Cascavel estão mais próximos da população e mantêm escritórios na cidade, o que torna seus mandatos mais acessíveis à comunidade. “Tivemos bons representantes locais que não se elegeram porque não alcançaram a votação, enquanto muitos votos de cascavelenses, respeitando a democracia, acabaram indo para candidatos eleitos que nunca vieram aqui”, afirma Lauri.

Segundo ele, cerca de 40 mil votos foram dados em Cascavel para candidatos de outras regiões nas eleições estaduais e 95 mil votos para deputado federal.