Uma equipe de arbitragem totalmente feminina se encarregou de uma partida de futebol masculino da primeira divisão da Jordânia pela primeira vez na terça-feira (2), parte dos esforços do país para divulgar o esporte entre as mulheres.

A juíza Esra’a Al-Mobideen e as assistentes Islam Al-Abadi, Sabreen Al-Abadi e Haneen Murad arbitraram a vitória de 4 a 1 do Sahab sobre o Al-Baqa’a na rodada final da competição.

“No início, os jogadores estavam sorrindo no túnel quando entramos, porque uma garota estava arbitrando e eles ficaram surpresos com a ideia”, disse Al-Mobideen. “Mas, assim que o jogo começou, não houve nenhuma piada e todos ficaram sérios.”

A Associação de Futebol da Jordânia quer mais mulheres envolvidas no esporte, e Al-Mobideen disse que está determinada a fazer diferença.

“Ter influência na sociedade é uma ambição minha”, acrescentou. “É importante ter um impacto positivo na sociedade em que vivo. Participar da liga profissional dará uma boa imagem à arbitragem feminina”, disse. “Posso passar a mensagem de que as mulheres podem trabalhar em qualquer campo”, acrescentou.

(Agência Brasil)