Foz do Iguaçu – O ministro da Secretaria de Governo, Carlos Marun, informa que o Conselho de Itaipu aprovou o financiamento para investimentos necessários para a construção da ponte sobre o Rio Paraguai entre as cidades de Porto Murtinho e Carmelo Peralta. O valor da obra é de R$ 300 milhões e a binacional se comprometeu em não aumentar as tarifas de energia. As informações são de Izabela Jornada, do Correio do Estado.

Além da ponte de Murtinho, a proposta aprovada pela Itaipu prevê a construção da segunda ponte internacional sobre o Rio Paraná, entre as cidades de Foz do Iguaçu e Presidente Franco, no Paraguai.

O acordo entre os dois presidentes, Michel Temer e Mário Abdo Benítez, foi confirmado pelo ministro e as obras serão viabilizadas até 21 de dezembro.

As obras estão no pacote chamado Chave de Ouro do presidente. O programa prevê a entrega de obras antes de Temer terminar o mandato.

O projeto de Foz do Iguaçu está mais adiantado e estava previsto para ser lançado até o fim de dezembro. Em coletiva à imprensa, Marun anunciou que até o dia 21 de dezembro a obra deve ser viabilizada.

A ponte de Murtinho estava indefinida, porém, Marun confirmou que Itaipu ficará responsável pelas obras com o compromisso de não aumentar as tarifas de energia.