Alimentos da Agricultura Familiar vão para cadastrados no Bolsa Família

Kits compostos por legumes, frutas, tubérculos, pães, ovos, leite, iogurte são entregues a alunos cadastrados no Programa Bolsa Família

Assegurar o suporte a alimentação para a criança em situação de vulnerabilidade, diante da situação de pandemia vivida por toda a população do Brasil e do mundo é de extrema importância. Deste modo, sabendo o compromisso que temos com a segurança alimentar dos alunos da Rede Pública de Ensino de Cascavel, o Município iniciou a entrega de cestas básicas as famílias dos alunos cadastrados no Programa Bolsa Família, durante o período de suspensão das aulas.

Quando usar máscara de pano

As cestas são compostas por: arroz, feijão, café, farinha de trigo, farinha de milho (biju), café, molho de tomate, biscoito, fubá de milho, macarrão, leite em pó, óleo e sal refinado, além de legumes, frutas, tubérculos, pães, ovos, leite e iogurte ofertados por produtores da Agrivel (Associação dos Agricultores de Cascavel e Coopcraf (Cooperativa dos Assentados da Reforma Agrária), que agregam a Agricultura Familiar.  “Ao mesmo tempo que a Secretaria garante a segurança alimentar das famílias em situação de vulnerabilidade, cadastradas no Bolsa Família, garante também, a segurança financeira dos produtores da Agricultura Familiar”, explica a Secretária de Educação, Marcia Baldini.

Os kits, dos alimentos perecíveis, são montados conforme a oferta de produção e que também contemplam um valor nutricional elaborado pelas nutricionistas do setor de Nutrição do Município de Cascavel. Considerando que eles têm um tempo menor de conservação, houve a necessidade de reorganização de trabalho, dentro do setor de Nutrição Escolar, desde a separação e conservação destes alimentos perecíveis até a organização de frotas para entregas nas instituições de ensino. “Há todo um controle de formulário, de entrega, de cuidado com os produtos, que exige muita organização, mas que apesar de bem intenso, é muito gratificante, é feito com muito carinho, pois sabemos que quem receberá são nossos alunos, nos sentimos realizados, porque sabemos que estamos contribuindo de uma forma muito importante nesse momento”, afirmou Margarete Tonin, responsável pelo setor de Nutrição Escolar.

Os alimentos estão sendo entregues nas 62 escolas e 53 cmeis da Rede Pública Municipal de Ensino. Separados por frota de acordo com cada região, os kits são levados até as instituições e entregues pela direção/coordenação as famílias dos alunos. “Esses alimentos, entregues as famílias cadastradas no Bolsa Família, são de extrema importância, visto que essas famílias possuem dificuldades em suprir a necessidade primeira de seus filhos, e a entrega destes alimentos tem contribuído muito com a vida dessas famílias. Fazemos a entrega destes alimentos com muito prazer, isso é algo muito bom”, declarou Ester Cícero Aleixo da Silva, diretora da Escola Municipal Divanete Alves Brito da Silva, localizada no bairro Periolo, região Leste de Cascavel.

Se para quem entrega esses alimentos sabe que todo o trabalho realizado é compensador, para quem recebe, o sentimento é de gratidão. “É de grande ajuda esses alimentos que estamos recebendo, é uma benção nesse momento crítico em que estamos vivendo. Fiquei muito feliz com os alimentos que recebi, pois são de uma ótima qualidade, explica Daiane Graciele Bohn, mãe da Beatriz, aluna da escola Divanete.

Mosquito da dengue nas áreas externas


Fale com a Redação

sete + 20 =