Agricultores adotam medidas de segurança

Os motoristas e ajudantes recebem máscaras, luvas e álcool e são orientados sobre a distância a ser mantida em relação a outras pessoas.

Muitos agricultores mudaram os hábitos de trabalho devido à pandemia do coronavírus e passaram a adotar medidas adicionais de segurança. Um dos locais em que isso aconteceu é Centenário do Sul, onde se estabeleceu uma união entre a Associação dos Pequenos Produtores de Centenário do Sul, a prefeitura e técnicos do IDR-Paraná (Instituto de Desenvolvimento Rural do Paraná)

Quando usar máscara de pano

VISITAS – Em Centenário do Sul, todas as ações seguem recomendações dos organismos de saúde e de entidades agropecuárias. A primeira delas é a restrição para a entrada de pessoas alheias à propriedade familiar.

A associação reúne cerca de 100 agricultores, metade dos quais se dedica à produção de maracujá. Uma única pessoa, com máscara, recebe os produtos. Quem entrega precisa manter distância adequada de 1 a 2 metros.

TRANSPORTE – A associação entrega os produtos para programas sociais dos governos federal, estadual e municipal, faz venda direta a distribuidores e leva para as Ceasa de Londrina e Maringá. Para o transporte é utilizado um caminhão da prefeitura de Centenário do Sul.

A OMS (Organização Mundial da Saúde) e a Vigilância Sanitária, recomendam a higienização de todos os itens ao terminar de serem usados para impedir a contaminação da nova remessa.

Os motoristas e ajudantes recebem máscaras, luvas e álcool e são orientados sobre a distância a ser mantida em relação a outras pessoas.

 

Mosquito da dengue nas áreas externas


Fale com a Redação

4 × 5 =