ADI pelo Paraná: fake news, ação solidária e reuniões on-line

Fake News

Quando usar máscara de pano

Vinte e um estados e o Distrito Federal estão discutindo ou já aprovaram a aplicação de multa para quem divulga informações falsas na internet sobre pandemias, epidemias e endemias. A legislação abrange desinformações sobre o atual momento de pandemia. Em cinco estados, a norma que prevê punição para quem publica fake news já está valendo: Acre, Ceará, Paraíba, Rio Grande do Norte e Roraima. No Paraná, um projeto de lei está em discussão da Assembleia Legislativa. Vale sempre destacar que os jornais são considerados como os veículos de maior credibilidade na divulgação das prevenções sobre a pandemia do coronavírus.

Ação solidária

A ação dos servidores da Assembleia Legislativa arrecadou 759 cestas básicas que serão destinadas a Campanha Cesta Solidária Paraná do Estado. As cestas básicas serão distribuídas para famílias em vulnerabilidade.

***Reuniões on-line

O deputado Pedro Lupion (DEM) encontrou uma solução para não se distanciar dos municípios, em que atua politicamente, neste momento de isolamento social, por conta da covid-19. “Não estamos fisicamente presentes nos nossos municípios, mas a interação com as cidades segue forte”, aponta Lupion, que adotou as reuniões on-line com suas prefeituras e grupos políticos.

Juros e multas

O deputado Anibelli Neto (MDB) apresentou projeto de lei que veda a cobrança de juros e multas pelo atraso no pagamento das mensalidades das escolas da rede privada enquanto durar o estado de calamidade pública em relação da pandemia do coronavírus. Anibelli Neto diz que a cobrança de juros e multas pelo atraso no pagamento das mensalidades acaba por gerar uma dificuldade ainda maior para as famílias que já passam por uma situação tão delicada.

Crise política

Parlamentares da bancada federal do Paraná apontam risco de uma ruptura institucional e caos no País com o agravamento da crise política em meio à pandemia do coronavírus. O senador Alvaro Dias (Pode) afirma que a democracia no Brasil está “sob ataque”, em razão de “ameaças públicas” de enfrentamento “aos poderes constituídos”.

Trânsito mata

Um levantamento da Seguradora Líder aponta números alarmantes: em dez estados brasileiros, o trânsito mata mais do que os crimes de homicídio, latrocínio e lesão corporal seguida de morte. E o Paraná é um deles. O estado ocupa a terceira posição no país com 2.629 sinistros pagos por acidentes fatais no trânsito contra 1.992 óbitos por crimes violentos em 2019.

Aula Paraná

Desde 6 abril, funciona na rede estadual de educação um sistema multiplataforma (Aula Paraná). Segundo a Secretaria da Educação, 1,07 milhão de alunos da rede estadual tiveram acesso às aulas nos primeiros 40 dias de funcionamento das plataformas de ensino a distância. As aulas podem ser acessadas pela TV aberta, Youtube, no aplicativo Aula Paraná, no Google Classroom e com a retirada de conteúdos nas escolas.

Dano ambiental

O Instituto Água e Terra avalia os danos ambientais causados pelo vazamento de combustível em São José dos Pinhais. Um oleoduto da Transpetro foi perfurado e a suspeita é de roubo de combustível. “Foi uma ação criminosa que acaba ocasionando um acidente com muitos danos”, diz o secretário do Desenvolvimento Sustentável e do Turismo, Márcio Nunes. “Cabe a nós fazer um acompanhamento para reparar esses danos”. Essa perfuração causou vazamento significativo e atingiu um córrego afluente do Rio Despique, na qual serve de captação de água, por parte da Sanepar, para abastecimento da cidade de Fazendo Rio Grande.

Mosquito da dengue nas áreas externas


Fale com a Redação

1 × três =