Os atletas da Abasfi (Associação de Basquete de Foz do Iguaçu) irão participar do Campeonato Brasileiro Interclubes de Base (CBI) Sub-19 masculino. Essa será a primeira participação da equipe no torneio que começa a ser disputado a partir de 14 de agosto, em Santa Cruz do Sul, Rio Grande do Sul, com a presença de 44 times de todo o Brasil.

O time da fronteira obteve a classificação após se vincular, no início do ano, ao Comitê Brasileiro de Clubes (CBC), e terá passagens e hospedagens pagas pela CBC. O torneio 5×5 terá duas fases classificatórias, com 18 equipes em cada uma, além da fase final, com 12 participantes. A decisão será no dia 29 de novembro.

Segundo o técnico da equipe, Douglas Stapf Amancio, foram escolhidos jogadores mais jovens para a disputa. A competição tem o objetivo de revelar atletas para o cenário mundial do basquete. Alguns nomes que já participaram do CBI atuam por grandes clubes do Brasil e chegaram até mesmo a NBA, a principal liga de basquete mundo.

“Estamos com jogadores na faixa dos 17 anos, para que participem e ganhem experiência na competição e evoluírem jogando contra outros atletas de perfis diferentes”, disse.

Abasfi

A Associação de Basquete de Foz do Iguaçu (Abasfi) foi criada em 2010 para potencializar o esporte na cidade e atuar na formação de atletas, desde a base. Atualmente são mais de 350 atletas registrados, divididos em dez escolinhas pela cidade.

O projeto recebe o apoio da Itaipu Binacional e da Prefeitura de Foz do Iguaçu, que fornece treinadores da Secretaria de Esporte e Lazer e auxílio no programa Bolsa Atleta. Os atletas, tanto do time masculino quanto do feminino, recebem bolsa de estudos em colégios e universidades.

Como resultado dessa formação, a grande maioria dos atletas que estarão no CBI foi formada nas categorias de base em escolinhas de Foz do Iguaçu.

“Estamos ansiosos para a nossa estreia em nível nacional. É um passo importante para o basquete masculino de Foz do Iguaçu continuar crescendo e colhendo os frutos de um projeto tão importante e que conta com o apoio de tantas pessoas”, contou Douglas.