Como Deus vai usar você?

Qual é o preparo que você deverá buscar daqui pra frente?

Cristo padeceu por nós para deixar um exemplo, para que possamos seguir seus passos.

Neste próximo ano, deve ser o meu e o seu tempo de governar. Um dos primeiros passos para ter clareza disto está na obediência.

Viver com qualidade nesta vida e na próxima, depende da reação às iniciativas de Deus, bem como o direito que ele tem sobre as escolhas que fazemos. A reação é inevitável. Podemos ignorar, resistir ou rejeitar as exigências de Deus ou então obedecer.

As ordens dele, não são pesadas. Podemos afirmar categoricamente que em longo prazo a desobediência a Deus sempre produz mais dor do que a obediência. Acredite, escrevo isto com o coração leve, de quem está aprendendo a obedecer, minhas dores estão diminuindo.

O entendimento vem no caminhar, vem no passo a passo. Para ser contemplado pelo rei há uma necessidade de aceitar, de caminhar junto. O algo novo em nossas vidas só pode vir de Deus. Você quer algo novo em 2022?

Será que não é a hora de você começar a aprender para ensinar? O que você possui aí dentro, para ensinar aos outros de forma extraordinária?

A resposta que se mostrou ao meu coração. Está na intimidade com Jesus Cristo, na ausência total de vergonha em falar dele, receber seus ensinamentos com a energia suficiente para mover a terra.

2022 será o ano de acelerar resultados, de não esperar outras pessoas, políticos e senhores de impérios ditarem seu ritmo. Um ano de buscar riquezas, mas com zero vaidade, um ano que a verdade irá transbordar dentro da sua casa.

Um ano que eu e você teremos vários troféus nas mãos e com o pé longe da lama. A ética e a moralidade irão se fundir no caminho correto na escolha do bem para que sejamos pessoas íntegras.

Um bom começo de ano está no expor suas fraquezas e declarar liberdade destas amarras. Que fraquezas você possui? Declará-las intimidará o diabo que gosta que você se apegue nelas.

Em 2022 que a ansiedade seja combatida efetivamente pela oração, pela intimidade, pois será nela que todo o entendimento será encontrado.

Devemos pensar e rasgar o nosso coração para a verdade das coisas, para tudo que é honesto, tudo o que é justo, tudo que é bom e puro. Tudo o que é amável, tudo o que é de boa fama.

Se isto aprendermos, saberemos sobre a humilhação e abundância, sobre a fartura e a fome. Faremos muito no próximo ano, por meio de Cristo que nos fortalece através da aflição que ele viveu.

Este é um código importante, digo vital para que possamos escalonar nossos resultados, tocar mais almas daqui por diante. A minha e a sua inquietude serão acalmadas pelo entendimento.

E se assim fizermos e o resultado não aparecer? O passo a passo, o tirar o medo, destruir a vergonha, falar a verdade ao Cristo não irá antecipar as etapas, mas sim, fortalecerá cada degrau.

Abraão aguardou 25 anos para que a promessa de Deus fosse cumprida. Assim como José do Egito ficou preso, por vários anos. O melhor para eles estava no final.