POLÍTICA

950 contratações no ano

01 de dezembro de 2017 às 15:27
Publicidade

As publicações em Diário Oficial de contratação de servidores é constante e tem chamado a atenção. É que a gestão Paranhos começou 2017 com um quadro “pelado”. Falta de educadores, falta de profissionais na saúde e desta forma em praticamente todos os setores da administração.

A diminuição é comum no “passar” de uma gestão para outra. Mas diversos problemas surgiram por essa falta de servidores e a nova gestão precisou “rebolar”. Em 2017, foram contratados, ao todo, 950 servidores.

O Paço tinha, em dezembro de 2016, 8.033 servidores. Em janeiro, esse número diminuiu para 7.944. Aos poucos as contratações foram programadas e, em fevereiro, o número já estava igualado ao que era no fim de 2016.

Na folha de pagamento de outubro, constaram 8.247 servidores. Na diminuição do total de funcionário para o que havia no início do ano, o resultado é de 303 novas contratações. O restante, do total de 950, é de reposição de pessoal.

Impacto

As contratações refletiram diretamente na folha de pagamento. A administração ainda está no índice prudencial. Porém, toda essa “gente” gerou um impacto de R$ 1.391.000 no ano na folha de pagamento da administração, que já é milionária.

De acordo com a prefeitura, as secretarias solicitam os servidores necessários para completar o quadro e as contratações ocorrem de acordo com o concurso público vigente, considerando o limite prudencial.

Participe do nosso grupo no WhatsApp

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE