Saúde

Dengue: Cascavel não registra novos óbitos, mas contabiliza quase 7 mil casos positivos

mosquito da dengue
O alerta sobre os riscos é da líder da equipe sobre arbovírus da Organização Mundial da Saúde (OMS), Diana Rojas Alvarez

A Prefeitura de Cascavel, por meio da Secretaria Municipal de Saúde, divulgou na manhã desta quinta-feira (14) o boletim semanal com informações da dengue no município.

De acordo com o relatório, a cidade chegou a marca de 6.863 casos positivos da doença, 754 testes inconclusivos e 1001 casos em investigação. Felizmente, pela terceira semana consecutiva, não houve registro de morte. O único óbito até o momento foi confirmado pela Prefeitura no dia 21 de fevereiro.

O boletim apontou que 2.263 casos supeitos foram descartados após exames.

FUMACÊ

Durante reunião com a Comissão de Saúde da Câmara Municipal de Cascavel na terça-feira (12), o secretário de Saúde, Miroslau Bailak, confirmou que a cidade vai receber o caminhão do fumacê para combate ao mosquito Aedes aegypti na madrugada da próxima segunda-feira (18).

O trabalho será feito nos bairros com mais casos da doença, que tem aumentando a cada semana e superlotando os serviços de saúde.

PREVENÇÃO

O controle do vetor não é única e exclusivamente função do setor público, cabe a cada munícipe cuidar da sua residência (seja ela casa, apartamento, chácara), adotando medidas que evitem a proliferação do vetor.

Entre as medidas que devem ser adotadas está o armazenamento, até a coleta, de todo resíduo sólido – lixo; cuidado com calhas, sacadas e caixas d’água, entretanto, devido as chuvas de verão, comuns nessa época do ano, deve-se redobrar os cuidados com objetos que possam acumular água.

CLIQUE AQUI PARA VER O BOLETIM SEMANAL NA ÍNTEGRA.