Diante do aumento no número de casos de pessoas contaminadas pela covid-19, nas últimas semanas em Assis Chateaubriand, o prefeito Valter Aparecido Souza Correia, Valtinho, determinou que a Secretaria de Saúde, buscasse meio para garantir o internamento de todos os chateaubriandenses que necessitasse, pois no Hospital Beneficente, as vagas na enfermaria, estão cada vez mais difícil, assim como na UTI. Os 28 leitos de UTI e 20 na enfermaria, estão atualmente com sua ocupação total.

A partir desta quarta-feira (2), no município de Assis Chateaubriand, os pacientes considerados com situação de internamento leve ou moderado serão encaminhados direto do Ambulatório covid-19, para a UBSF do Cristo Rei. Onde antes era o auditório para realização das reuniões, foram abertos os leitos tendo ar condicionado e o espaço ainda conta com um sistema básico de oxigenação, que dá aquela força extra para respirar melhor, com cilindros de oxigênio à disposição dos pacientes, bem como toda a estrutura logística para internamento.

O suporte sempre será dado pelo Hospital Moacir Micheletto. Entre os 10 leitos de enfermaria montados, um deles CTI, contando com respirador montado e caso o paciente evolua para um quadro mais grave é possível prestar um primeiro atendimento para posterior encaminhamento ao Hospital referência SUS em Assis Chateaubriand que é o Beneficente Moacir Micheletto, até que seja aberta uma vaga na central de leitos.

Toda a estrutura da Unidade Básica de Saúde da Família Gilio Bortot, foi transferida para o Centro Municipal de Educação Infantil Professora Sueli dos Santos Henrique, sendo atendimento médico clínico geral e pediatria e ainda com vacinação. O CMEI neste momento não está atendendo as crianças e por ficar cerca de 100 metros da Unidade Básica foi a alternativa viável para não deixar os moradores atendidos sem o atendimento diário necessário.

“É uma estrutura improvisada, mas muito bem montada e organizada, nós fizemos um planejamento para que isso pudesse acontecer. Técnicos de enfermagem, Enfermeiros, médicos e zeladores, foram contratados através de PSS e tudo com recursos próprios. Não é apenas montar a estrutura, mas manter, pois, temos os insumos, os medicamentos e tudo mais para manter funcionando com qualidade. Não é um Hospital de Campanha, mas sim estamos dando suporte na retaguarda. O que nós estamos fazendo é pensando na vida dos chateaubriandenses. A parceria Secretaria de Saúde e Hospital Beneficente Moacir Micheletto, irá com certeza fazer a diferença na vida de nossa população”, esclareceu o prefeito Valtinho.

Valtinho ainda fez um apelo. “Faço um apelo a nossa população, vamos juntos vencer mais esse grande desafio, eu como gestor, não consigo sozinho, necessito do apoio de todos os chateaubriandenses para minimizar o problema desta doença que continua matando. Então todos juntos para vencermos esta guerra contra o Covid-19, pois o momento é de extrema urgência”, finalizou o prefeito Valtinho

O Secretário de Saúde destaca que a Unidade ficará aberta todos os dias com atendimento 24 horas. “O paciente irá permanecer a quantidade de dias que a equipe médica achar necessária, teremos estrutura durante o dia com dois enfermeiros, um técnico de enfermagem e um médico e durante a noite, um médico, um enfermeiro e um técnico de enfermagem. Todo o trabalho será realizado sempre em contato com o Hospital, para priorizar os pacientes que ficam ou que devem ser transferidos conforme cada realidade. Um ponto que deve ser deixado claro que a porta de entrada para atendimento é o Ambulatório Covid-19, com atendimento de segunda a sábado das 7 às 19 e o hospital Beneficente Moacir Micheletto para atendimento Covid SUS

A unidade de Saúde preparada para acompanhar pacientes que necessitam de internamento por conta do Covid-19, não lida diretamente com o público. Portanto, não há como se dirigir até o local para fazer uma consulta ou exames. Os pacientes são encaminhados após receberem atendimento no Ambulatório Covid-19.