Com mais de 3 mil pessoas trabalhando nos 72 hectares do Parque Tecnológico Coopavel, parte dos cerca de 520 estandes já toma forma. Fora deles, são os jardins que mostram sua beleza e grandiosidade, sempre um show à parte do Show Rural.

E de jardinagem o trabalhador de serviços gerais Sebastião Severino conhece bem. Há quatro anos ele cuida com muita dedicação o show de cores e formas que encanta a todos: “Eu tento fazer tudo com muito capricho e dedicação. As flores ficam sempre lindas nos jardins, são várias espécies. É uma satisfação contribuir com esse grande evento e ver as pessoas admirando meu trabalho”, ressalta.

A exatos 16 dias para o início da 31ª edição do Show Rural, a correria para a montagem dos estantes não para. Inclusive, muitas empresas são especializadas em montagem e fazem vários espaços. Esse é o caso da empresa em que trabalha o coordenador de montagem Rodrigo Mega, de São Paulo, que está à frente da estrutura de sete estandes. “Há mais de dez anos trabalhamos no Show Rural. Como são estandes bem diferentes um do outro, são várias equipes e diferentes frentes de trabalho ao mesmo tempo. Todos os nossos colaboradores receberam instruções para cada tipo de montagem. Somando desde o início dos trabalhos até a finalização, cerca de 150 pessoas estão envolvidas nessa atividade”.

Desde 2 de janeiro há equipes erguendo vigas e estendendo lonas, para deixar tudo pronto para o grande show. E é preciso seguir à risca o cronograma, pois o prazo máximo para a conclusão dos estandes, a finalização da jardinagem e dos demais serviços é dia 2 de fevereiro.

“Os trabalhos começam a se intensificar agora e só aceleram conforme se aproxima da data de abertura. Domingo, dia 3, as visitas já começam e tudo precisa estar finalizado na noite anterior. Isso para que possamos, no domingo cedinho, receber a população de Cascavel e, como já é de tradição, com a celebração da missa”, explica o coordenador do evento, Rogério Rizzardi.

Há 14 anos na função, o funcionário de manutenção José Wilson Patene se atenta a cada detalhe do seu trabalho: “Ficamos aqui o ano todo preparando tudo para receber os visitantes. Fazemos limpezas, podas, cuidados… E nesse tempo todo cada vez vem mais gente e mais pessoas gostam do que veem”.

José é um dos 4,5 mil trabalhadores envolvidos no Show Rural, que ocorre de 4 a 8 de fevereiro, quando mais de 250 mil pessoas devem passar pelo parque.