O Brasil é o segundo maior produtor de soja no mundo. Na safra 2016/2017, a cultura ocupou uma área de 33,890 milhões de hectares, o que resultou na produção de 113,923 milhões de toneladas. Em escala mundial, a produção foi de 351,311 milhões de toneladas. Até 2050, a FAO (Food and Agriculture Organization) prevê que a produção irá praticamente dobrar, chegando a 515 milhões de toneladas. Dessa forma, nos próximos anos o Brasil irá enfrentar muitos desafios para manter o patamar de liderança e competitividade no mercado mundial.

Embasado nesste contexto, o Grupo de Estudos Luiz de Queiroz (GELQ 2019), sob a coordenação do professor Durval Dourado Neto, do Departamento de Produção Vegetal da Esalq/USP, realizará o 5º Encontro Nacional da Soja, nos dias 23 e 24 de agosto. O evento será realizado no auditório da Fundetec (Fundação para o Desenvolvimento Científico e Tecnológico) de Cascavel e contará com palestras, painéis de discussão, além da presença de diversos especialistas na área do agronegócio. O encontro também é uma oportunidade de trocar experiências e quem sabe até mesmo realizar parcerias.

As inscrições podem ser feitas no link: http://fealq.org.br/informacoes-do-evento/?id=689.