Publicidade

ESPORTES

Seleção Pré-Olímpica: hora de dar a volta por cima

07 de fevereiro de 2024 às 18:00
Publicidade

Depois da estreia no quadrangular final do Pré-Olímpico, em que foi superada pelo Paraguai por 1 a 0, a Seleção Brasileira mira os dois próximos adversários e reforça o discurso de que a classificação para os Jogos de Paris depende só do próprio esforço. Se vencer a Venezuela, na quinta-feira (8), e a Argentina, no domingo (11), a equipe garantirá vaga na Olimpíada.

Para os jogadores, o tropeço contra o Paraguai já ficou distante e o foco agora é o confronto com os venezuelanos. A confiança permanece em alta.

“Temos todas as condições de buscar essa vaga. Dependemos de nós mesmos e vamos com tudo para o jogo com a Venezuela. Sabemos que se trata de um adversário difícil, ainda mais atuando em casa, e que faz uma ótima campanha na competição. Mas acreditamos na nossa reação”, disse o meia Alexsander.

Os atacantes Marquinhos e John Kennedy assistiram pela TV a uma parte do jogo entre Venezuela e Argentina, na noite de segunda (8), e gostaram bastante do empate (2 a 2) arrancado pelos donos da casa nos acréscimos. Isso permite que o Brasil possa dar uma reviravolta na tabela vencendo a Venezuela.

“Otimismo sempre. Todos aqui estão focados e vamos atrás desses três pontos”, disse Marquinhos, que entrou no decorrer da partida contra o Paraguai.

Por enquanto, o Paraguai lidera o quadrangular com 3 pontos, seguido de Venezuela e Argentina, com 1, e o Brasil, que ainda não pontuou. Os dois mais bem classificados nessa fase se credenciam para a disputa da Olimpíada de Paris.

Fonte: CBF

Participe do nosso grupo no WhatsApp

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE