Tenha olhos que veem!

O jeito que você olha te apoia ou te impede de captar a frequência da graça e das bênçãos.

 

Tanto a graça quanto as bênçãos estão disponíveis 100% do tempo.

Porem, só pode receber a graça e as bênçãos aquele que não tem exigências.

Exigência significa não concordar.

O contrário de não concordar não é concordar ou aceitar. O contrário de não concordar é: CONSENTIR.

Consentir significa: eu reconheço aquilo que é da maneira que é. Sem condições.

 

O primeiro contexto onde o “consentir” é necessário é no nosso primeiro círculo, ou seja, precisamos consentir os pais. Isso é necessidade básica.

Você pode escolher resistir ou consentir. Saiba que toda resistência gera pobreza!

 

Quando consentimos os pais, o coração fica mais disponível, então algo novo pode acontecer, porque o milagre da criação precisa de espaço em você para se mostrar.

A felicidade se mostra quando estamos com o coração puro.

Toda dor, mágoa, raiva, rancor, ranço, medo ou desespero torna o coração indisponível.

Para disponibilizar precisa resolver!

 

Observe o seu entorno. Observe o ambiente onde você mora e onde trabalha. Observe seus recursos, todos eles. A sua experiência atual define se seu coração está ocupado ou disponível!

 

Quando você está na sua casa, o que seus olhos veem? A graça ou a falta?

Quando vemos a graça, sentimos gratidão, alegria e disponibilidade. Nós  nos sentimos ricos.

Quando os olhos veem a falta, sentimos desconforto, tristeza, e pobreza.

 

LEMBRE: os seus olhos veem mais aquilo que o coração está cheio!

 

O estado de graça é decisão!

Se você tem estado triste e deprimido, se você sente raiva ou qualquer outro desconforto, se você tem dificuldades de ver o bem que tudo contém, precisa curar!!!

Saiba que curar é possível, independente do que aconteceu. Curar é possível!

 

Escolha curar agora. O agora é literalmente tudo o que você tem!

Reconheça, consinta e desfrute! Se os seus olhos são bons… todo o seu entorno é bom!

Graciele Reimann Gatto