Marechal Cândido Rondon – O Movimento Maio Amarelo que nasceu com a proposta de chamar a atenção da sociedade para o alto índice de mortos e feridos no trânsito em todo o mundo foi lançado ontem em Marechal Cândido Rondon.

O ato foi marcado por um encontro nas dependências da 2ª Companhia da Polícia Militar, organizado pela Secretaria de Mobilidade Urbana. Participaram da reunião comandantes das forças policiais rondonenses, representantes de clubes de serviço, líderes e autoridades policiais.

O Maio Amarelo deste ano propõe o envolvimento direto da sociedade nas ações para conscientização sobre uma nova forma de encarar a mobilidade. “Trata-se de um estímulo a todos os condutores, seja de caminhões, ônibus, vans, automóveis, motocicletas ou bicicletas, e aos pedestres e passageiros, a optarem por um trânsito mais seguro”, explica o coronel Welyngton Alves da Rosa, secretário da pasta.

Programação

Serão realizadas três blitze educativas durante o mês, além de caminhadas, pedais, palestras educativas, distribuição de material educativo, aferição de bafômetro, conferência de habilitação e multa educativa de trânsito.

As ações do Maio Amarelo contam com o apoio das seguintes entidades: Rotary Kids, Rotary Club, Lions Clube, Rotaract, JCI, Polícia Rodoviária Estadual, 35ª Ciretran, Polícia Civil, Polícia Militar, Acimacar, Polícia Rodoviária Federal, JCI Juvenil, SESC, Rotary Guarani e Rotary Beira Lago.