Primeiros RGs dos alunos de Santa Terezinha de Itaipu estão prontos

Objetivo é fechar em 100%, até dezembro de 2019, a demanda de crianças da rede municipal sem documento de identificação

Os resultados do compromisso firmado entre o poder público de Santa Terezinha de Itaipu e o Programa Criança e Adolescentes Protegidos já começaram a aparecer. Na segunda-feira desta semana, 11, Janaina da Silva Pinheiro, mãe de Nathan Pinheiro Ulkovski e Millena Pinheiro Ulkovski, foi buscar, no serviço de identificação da cidade, a primeira via da carteira de identidade dos filhos.

“Estou muito satisfeita e mais segura. Meus filhos, hoje, possuem documento de identificação”, destacou ela, ao parabenizar a iniciativa do prefeito Cláudio Eberhard em agilizar a ida dos alunos até o local para que o documento fosse providenciado.

Santa Terezinha integra a rede de municípios que aderiu ao Programa Criança e Adolescentes Protegidos, que tem como objetivo principal, garantir carteira de identidade a todas as crianças e adolescentes matriculados na rede municipal de ensino. O cronograma entregue em 10 de outubro pelo prefeito à juíza de Direito da Vara de Infância e Juventude de Foz do Iguaçu, Luciana Assad Luppi Ballalai, foi iniciado há dias e deve atender até dezembro de 2019, 100% da demanda da rede municipal.

“Estipulamos um cronograma para atender a demanda e estamos cumprindo”, disse o prefeito ao ressaltar a importância e garantir o documento de identificação para todos. Destaca-se que a responsável pelo posto de identificação de Santa Terezinha, Rosângela Puhl, é a responsável pelos procedimentos e realizou a entrega dos primeiros documentos.

De acordo com a secretária de Educação, Simara Jorge, dos 2.605 alunos matriculados na rede municipal de ensino, apenas 329 ainda não possuem o documento. “Ficamos encantados com a sensibilidade da desembargadora e do prefeito por entender a importância desta ação, que vai garantir mais segurança para os pais, e principalmente as nossas crianças”, destacou.

Até o momento, 90 alunos das Escolas Municipais Monteiro Lobato e Alexandre Zilli Neto, realizaram a coleta de dados para emissão da carteira de identidade.



Fale com a Redação

quatro × cinco =