A Amop (Associação dos Municípios do Oeste do Paraná) divulgou na noite desta quarta-feira (21) os finalistas o Prêmio Amop de Jornalismo 2018, cujo tema é Desburocratização. O evento será realizado nesta sexta-feira (23), no Tuiuti Esporte Clube, em Cascavel, juntamente com a entrega do título de Cidadão Honorário do Oeste do Paraná a Dilceu Sperafico.
Na categoria Televisão, os finalistas são Camila Andrade, da Catve, de Toledo, com o trabalho intitulado “Monit Legis”; Fernanda C. Toigo, da Catve, de Cascavel, que apresentou o trabalho intitulado “Exportações made in Brasil” e Tátila Pereira da Silva, da Catve, de Cascavel, com o trabalho intitulado “Burocracia na liberação de veículos”.
Na categoria Rádio, os finalistas são Deivid Souza, da Rádio CBN, de Cascavel, com o trabalho intitulado “Desburocratização – o diferencial”; Edna Nunes, da Rádio Amiga FM, de Formosa do Oeste, com o trabalho intitulado “Esperança na mala” e Pâmela Daiane Santos, da Rádio CBN, de Cascavel, que apresentou o trabalho intitulado “Desburocratização – uma nova era”;
Na categoria Web, os finalistas são Pedro de Brito Sarolli, da Revista Sindirural, de Cascavel, que apresentou o trabalho intitulado “Burocracia no Agronegócio”; Silmara Santos, do jornal O Paraná, de Cascavel, que apresentou o trabalho intitulado “Sistema” e Tatiane Bertolino, do jornal O Paraná, com o trabalho intitulado “Trans Aero”.
Na categoria Fotografia, os finalistas são Ailton Santos, do jornal O Paraná, de Cascavel, que apresentou o trabalho intitulado “Aeromodelo”; Bruna Scheidt, da Revista Aldeia, de Cascavel, que apresentou o trabalho intitulado “Peso da burocracia”; e César Machado, da Revista Aldeia, de Cascavel, que apresentou o trabalho intitulado “Alvará em um dia”.
Na categoria Impresso, os finalistas são Janaí Meotti, do Jornal do Oeste, de Toledo; com o trabalho intitulado “Foz investe na desburocratização”; Juliet Manfrin, do jornal O Paraná, de Cascavel, com o trabalho intitulado Desburocratizar para empreender” ; e Rejane Martins Pires, da Revista Aldeia, de Cascavel, com o trabalho intitulado “O peso da burocracia”.