2016 931844046-201608161201392176.jpg_20160816.jpgRIO – No primeiro dia de campanha para a prefeitura do Rio, o candidato Marcelo Crivella (PRB) passou por Realengo é Padre Miguel, na Zona Oeste do Rio. Em entrevista na porta do Hospital Albert Schweizer, o candidato criticou o prefeito Eduardo Paes (PMDB) por ter retirado, segundo ele, R$ bilhão da Saúde para investir nas olimpíadas.

Apesar das críticas a Paes, Crivella poupou o candidato do prefeito, o ex-secretário Pedro Paulo (PMDB), quando foi perguntado sobre a decisão do procurador-geral da República, Rodrigo Janot, que pediu o arquivamento do inquérito contra o peemedebista, acusado de bater na ex-mulher.

– É um caso tão controverso. A Justiça é quem deve decidir. Não quero tocar no assunto. Não é um assunto relevante para se tratar no momento. Tem saúde, educação, transporte. É uma coisa que a Justiça vai resolver – disse o candidato do PRB.

Sobre os Jogos Olímpicos, Crivella disse que, nas edições anteriores, o evento foi do país e não somente da cidade, o que não aconteceu no Rio porque, nas palavras do candidato, Paes queria aparecer sozinho na ribalta.

– Para fazer as olimpíadas, a prefeitura investiu menos R$ 1 bilhão na Saúde, se comparar os números do primeiro governo do Eduardo com o segundo. Fez falta tirar esse R$ 1 bilhão da Saúde – afirmou Crivella.