O prefeito em exercício de Cascavel, Gugu Bueno, o secretário de Agricultura, Ney Haveroth, o gestor do Território Cidadão, José Carlos da Costa, o "Cocão", assinaram autorização para licitação de obras que vão melhorar a qualidade de vida e a segurança dos moradores Distrito do Rio do Salto.

A obra de urbanização na PR-180 compreende um trecho de 4 mil metros quadrados com calçadas em concreto dentro do perímetro urbano do distrito. O valor a ser investido é de até R$ 901.450.

O projeto das calçadas será executado com recursos provenientes de repasses de economias feitas pela Câmara de Vereadores.

O prefeito em exercício destacou a organização da comunidade que possibilitou a realização dessas obras: "O que mais me alegra é ver a união dos moradores desta comunidade, porque sozinhos nós não conseguimos nada, as coisas são difíceis, as coisas não acontecem só com a sua vontade, mas juntos somos mais fortes".

 

Sobras

Gugu Bueno lembrou ainda que a obra das calçadas será custeada com recursos não usados e devolvidos pela Câmara. "Vamos devolver ao prefeito de Cascavel, Leonaldo Paranhos, R$ 5,3 milhões, fruto das economias que fizemos na Câmara. Ao longo desses quatro anos devolvemos R$ 18 milhões, dinheiro que a Câmara deixou de gastar”, disse Gugu.

Parte desse recurso será usada no calçamento com pedras irregulares em 100 quilômetros de estradas rurais e mais a execução de 100 quilômetros de readequação de estradas, além da instalação da Força Rural, por meio da Guarda Municipal, que tem levado mais segurança ao interior.

"Isso nunca foi feito, porque custa muito dinheiro e, infelizmente, por muitos anos se deixou de investir no campo porque esta é uma obra que demanda muitos recursos. Mas o prefeito Paranhos tem tratado o interior com dignidade e ele que oferecer a mesma qualidade de vida para os moradores das zonas urbana e rural", completou Gugu.

 

 

Acessos rurais

O secretário Ney Haveroth também anunciou uma parceria com Ecocataratas, DER e Município para executar melhorias nos acessos rurais à PR-180. “Quem vem do lado direito para entrar à esquerda hoje para sobre a pista, não tem lugar para sair e nós precisamos urgentemente melhorar essa situação. O Município pretende executar 50 metros de área de recuo nas margens para que as pessoas possam sair em segurança nas rodovias."