A lei da ordem nas relações entre pais e filhos – adulto bem-sucedido.

A validação da ordem precede o fluxo!

Como se reconhece um adulto?

Um adulto é aquele que passa de TOMADOR A DOADOR.

Existe uma ordem na relação entre pais e filhos. Os pais dão e os filhos tomam. Os pais são “grandes, superiores e ricos”. Os filhos são “pequenos, necessitados e pobres”.

É importante, porém, observar que, enquanto pequenos, os filhos recebem tudo dos pais e, com o tempo, conforme crescem, é natural que os pais coloquem limites nos filhos, gerando atrito e amadurecimento.

Independência e liberdade andam juntas!

A maior causa da escassez em um adulto é a ideia de que os pais lhe devem algo. A exigência impede o fluxo.

Filhos adultos que ainda exigem algo dos pais são crianças esticadas. Não podem tomar a vida, tampouco a abundância, que é natural.

Ao contrário, filhos que respeitam os pais, da forma que são, com honra e gratidão, conhecem e desfrutam da prosperidade em todas as áreas da vida!

Ao olhar para os pais e para a vida, da maneira que são, o filho pode tomar as bênçãos. Somente assim pode também abençoar os próprios filhos.

 

Compreenda:

Só pode receber as bênçãos aquele que não tem exigências.

Ao tomar a bênção, pode então passá-la adiante!

 

Faça um exercício agora:

Pense nos seus pais. Identifique como é o fluxo de amor entre vocês. Apenas feche os olhos e se perceba…

Seu coração não se engana, apenas se permita sentir…

Uma pessoa que está conectada com os pais e os tomou no coração experimenta o fluxo.

Avalie sua vida atual, seus relacionamentos, seu trabalho, sua família.

 

Graciele Reimann Gatto

 

GRATTO SOLUÇÕES

Atendimento em Constelação individual ou grupo.

Formação em Constelação Sistêmica

Workshop Ho’oponopono Presença

Cursos online de Ho’oponopono e POSTURA SISTÊMICA ATIVA

Graciele Reimann Gatto

GRATTO Soluções