A Polícia Rodoviária Federal início às 00h do último dia 30 a Operação Ano Novo em todo o território nacional. Na regional de Cascavel, os policiais atuaram para coibir as condutas que trazem mais riscos a segurança viária, como as ultrapassagens indevidas, a combinação de álcool e direção, o uso dos dispositivos de retenção.

Nos 4 dias, 1226 veículos e 1.399 pessoas foram abordadas.

1.121 condutores foram testados com Etilômetro, destes, 13 foram autuados por dirigir sob influência de álcool e 2 foram presos por apresentar teor alcoólico acima de 0,33 mg/l. Outros 28 se recusaram a fazer o teste, mas foram autuados e terão que pagar multa de R$ 2.934,70, além de terem o direito de dirigir suspenso por um ano.

No total 744 autuações foram constatadas e registradas pelos policiais nos mais de 500 quilômetros de rodovias federais.

85 condutores foram flagrados trafegando acima dos limites de velocidade.

136 condutores foram autuados por estar sem o cinto ou por transportar passageiro sem o dispositivo.

Os flagrantes referentes ao uso da cadeirinha por parte das crianças somaram 36 ocorrências.

Foram 115 condutores flagrados realizando manobras de ultrapassagem indevida.

8 pessoas foram presas, sendo 4 por crimes de trânsito, 2 por tráfico de drogas e 2 mandados de prisões foram cumpridos.

Foram registrados 4 acidentes, com 6 pessoas feridas, mas nenhuma com gravidade. Não houve registro de morte.

(PRF)