Paranaenses na Copa do Brasil

Os paranaenses Paraná Clube, Londrina e Operário já encaram a primeira decisão do ano.

Competição que promete novamente ser memorável, a Copa do Brasil 2020 começa nesta quarta-feira (5) com 32 das 91 equipes participantes em campo. Metade dos times que hoje abrirão a disputa já se despedirá no mesmo dia. Assim, os paranaenses Paraná Clube, Londrina e Operário já encaram a primeira decisão do ano.

É que em sua primeira fase, a Copa do Brasil prevê jogo único para definir quem segue adiante. Esta etapa conta com 80 equipes que obtiveram suas vagas na competição pelos resultados dos campeonatos estaduais ou pelo ranking da CBF (Confederação Brasileira de Futebol). Na primeira fase, os times melhores ranqueados jogam como visitante, mas possuem a vantagem do empate para se classificar à segunda fase – na qual já não existe mais a vantagem do empate, assim como nas fases seguintes.

Nesta quarta, os três paranaenses que entram em campo jogam fora de casa. O Fantasma de Ponta Grossa, aliás, dá o pontapé inicial à disputa às 15h30, contra o Barbalha, Estádio Inaldão, no interior cearense. Já o Tubarão desafiará o XV de Piracicaba às 20h30 no Estádio Barão da Serra Negra, no interior paulista, enquanto a Gralha tricolor desafia o Palmas às 21h30 no Nilton Santos, em Tocantins.

Mais representantes

O Estado do Paraná ainda conta com outros três representantes na Copa do Brasil 2020: o Coritiba, o Toledo e o atual campeão Athletico. O Coxa e o Porco estrearão na próxima quarta-feira (12) na primeira fase, enquanto o Furacão iniciará a disputa diretamente das oitavas de final. Para o Coritiba o compromisso na próxima semana será fora de casa, às 22h30 contra o Manaus, enquanto para o Toledo o desafio será no Estádio 14 de Dezembro, ás 21h30, contra o Náutico.

Grana extra

A Copa do Brasil é o principal objetivo das equipes do interior, por sua premiação. Para se ter uma ideia, o empate nesta noite pode valer mais de R$ 1 milhão aos cofres de Paraná Clube, Londrina e Operário. É que apenas pela participação na primeira fase, os times receberão R$ 540 mil cada da CBF. Quem avançar para a segunda fase, receberá outros R$ 650 mil, totalizando R$ 1,190 milhão em apenas uma partida. Esses valores são os mesmos para o Toledo. Já o Coritiba receberá R$ 950 mil pela participação na primeira fase e mais R$ 1,3 milhão se avançar. Já o Athletico, por iniciar a disputa diretamente nas oitavas de final, embolsará R$ 2,6 milhões apenas por entrar em campo.



Fale com a Redação

dezoito − 7 =