O Paraná é o primeiro estado do Brasil a aprovar um documento referencial curricular para a Educação Infantil e o Ensino Fundamental em conformidade com a BNCC (Base Nacional Comum Curricular). O documento foi aprovado na quinta-feira (22) pelo CEE (Conselho Estadual de Educação) e será implementado às propostas pedagógicas curriculares na rede de ensino estadual, municipal e particular de todo o Estado a partir de 2020.

A governadora Cida Borghetti comemorou a conquista: “Mais uma vez o Paraná é pioneiro. Resultado do eficiente trabalho do Estado e dos municípios, com o apoio do Ministério da Educação. Foram mais de 75 mil contribuições que ajudaram a construir o melhor para os nossos estudantes, professores, diretores e pais”.

O processo de elaboração do Referencial Curricular do Paraná: princípios, direitos e orientações foi organizado por um comitê executivo e construído em regime de colaboração entre Estado e municípios ao longo de oito meses. Nesse período, o documento recebeu mais de 75 mil contribuições de professores, gestores escolares, pesquisadores, alunos e representantes da sociedade civil.

“O fato de o Paraná ser o primeiro do País a ter sua proposta curricular unificada dará aos nossos professores mais tempo para analisar o documento e assim definir a melhor maneira para se adaptarem às propostas pedagógicas em suas escolas”, disse a secretária da Educação, Lucia Cortez.

Ela destaca que o novo referencial curricular unificará o sistema de ensino no Estado e contribuirá para a articulação do processo de aprendizagem entre as redes de ensino estadual, municipal e particular em todo território paranaense. “Além disso, o aluno terá garantido a continuidade do processo de ensino no momento de transição da educação infantil para o ensino fundamental” conclui.