Toda a população acima de seis meses de idade poderá se vacinar contra a gripe no Paraná. A Secretaria de Estado da Saúde (Sesa) pactou nesta quarta-feira (23) na Comissão Intergestores Bipartite do Paraná (CIB) que o Estado abrirá a vacinação para a população em geral.

A decisão foi aceita após apresentação dos baixos índices de cobertura da 23ª Campanha Nacional de Vacinação contra a Influenza no Paraná que iniciou no dia 12 de abril e deve permanecer até 9 de julho.

Até a manhã desta quinta-feira (24), o Estado registrou 42,1% de cobertura vacinal contra a doença, com 1.993.419 doses aplicadas. Ao todo, 4.479.320 pessoas estão elencadas na população alvo do Paraná, que inclui os grupos prioritários para imunização.

“Visto que todas as regiões do Estado têm registrado baixa procura pela vacina, estamos abrindo a vacinação para toda a população que deseje se imunizar contra a gripe. Ressaltando que a imunização contra essa doença auxilia no diagnóstico das Síndromes Respiratórias, incluindo a Covid-19”, afirmou o secretário de Estado da Saúde, Beto Preto.

COBERTURAS – Segundo os dados do Sistema de Informação do Programa Nacional de Imunizações (SIPNI), até agora, apenas três municípios do Estado atingiram a meta preconizada pelo Ministério da Saúde, de pelo menos 90% de cobertura vacinal, são eles: Nova Tebas (111,1%), Pérola d’Oeste (109%) e Saudade do Iguaçu (90,2%).

Em números absolutos, os três municípios que mais aplicaram doses da vacina foram: Curitiba (339.985), Londrina (103.680) e Ponta Grossa (62.459).

VACINAS – O Paraná já recebeu no Ministério da Saúde, 3.848.400 doses de imunizantes contra a influenza. Todas as doses foram distribuídas aos 399 municípios do Estado.

“Não queremos nenhum tipo de vacina parada, seja ela da influenza ou da Covid-19. A orientação do governador Ratinho Junior é imunizar toda a população do Estado. O Paraná sempre foi referência em coberturas vacinais principalmente da gripe, e neste ano em que vivemos um caso atípico com a vacinação do coronavírus, grande parte da população não tem buscado pela imunização contra a influenza, que já está na 23ª campanha anual, salvando milhares de vidas”, acrescentou Beto Preto.

ORIENTAÇÃO – A Sesa orienta que as 22 Regionais de Saúde repassem a orientação de ampliação da vacinação para os 399 municípios, e que aqueles que ainda não o fizeram, iniciem ações e estratégias voltadas para a cobertura dessa população.