CORONAVÍRUS

Paraguai passa a cobrar isolamento de quem passar pelo Brasil

09 de abril de 2021 às 09:52
Publicidade

Foz do Iguaçu – O Paraguai começou a cobrar quarentena obrigatória a todos os residentes nacionais, estrangeiros ou turistas que retornam de viagem do Brasil. As “Restrições Especiais Transitórias para entrada ao país de viajantes procedentes do Brasil“ são uma atualização das exigências sanitárias de entrada ao país, como forma de conter o avanço das variantes do novo coronavírus. A cobrança entrou em vigor na última quarta-feira (7).

O viajante deverá, seja ele paraguaio ou estrangeiro, apresentar um exame com resultado negativo para a covid-19 feito no máximo 72 horas antes e código QR que certifica o preenchimento eletrônico do Cartão de Saúde do Viajante nas 24 horas anteriores à entrada no Paraguai.

Terá ainda que cumprir isolamento de pelo menos sete dias, a partir da entrada no Paraguai. O isolamento poderá ser realizado na própria residência, em hotel ou local onde esteja hospedado.

Para as pessoas que não possuem um local adequado para o isolamento, o governo disponibilizou albergues gratuitos e hotéis de saúde em todos os departamentos do país.

Já os viajantes procedentes de outras regiões do mundo, mas que fizeram escala em trânsito no território brasileiro com tempo menor a 24 horas, deverão apresentar resultado negativo para covid-19, porém, sem necessidade de quarentena.

Os estrangeiros deverão contar com seguro médico internacional para covid-19, com exceção para filhos estrangeiros de até 18 anos com pai ou mãe de nacionalidade paraguaia, cidadãos do Mercosul e países associados.

Pessoas que tiveram covid-19 entre 14 e 90 dias antes da entrada no país deverão informar a situação mediante resultados laboratoriais ARN: RT-PCR / LAMP / NAAT e não será necessária a apresentação de novo teste.

Todo estrangeiro – nacional ou residente estrangeiro no país -, para entrar no Paraguai, deve preencher uma ficha de saúde ao viajante dentro das 24 horas anteriores ao ingresso no país. A ficha está disponível pelo site http://www.vigisalud.gov.py/dvcf

Participe do nosso grupo no WhatsApp

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE