Palestinos seguem sem uniforme para abertura da Olimpíada

RIO – A três dias da abertura da Olimpíada, a delegação da Palestina ainda não sabe com que roupa vai desfilar na cerimônia. É uma dúvida também com que material alguns dos atletas vão competir. Os uniformes palestinos seguem retidos na alfândega em Israel.

Unimed

A delegação, que chegou no último sábado ao Rio, tem orientação de não comentar o assunto, mas o judoca Simon Yacoub confirmou que é possível que seja necessário comprar roupas para a cerimônia de abertura, no Maracanã.

— Talvez tenhamos que comprar ternos e outras roupas. Só estamos com a roupa de passeio aqui na vila. Esta tudo retido em Israel.

A delegação palestina conta com seis atletas: dois no atletismo, dois na natação, um no hipismo e o judoca Yacoub.

— Eu ao menos trouxe meu judogui (roupa para competir), então estou mais tranquilo, mas os nadadores e o pessoal do atletismo não têm todo seu material — revelou Yacoub, de 27 anos.

Perguntado sobre a expectativa em relação à chegada do material, o judoca mostrou pessimismo:

— Acho que não vão chegar — revelou.

JK

Receba as principais notícias através do WhatsApp

ENTRAR NO GRUPO

Lembre-se: as regras de privacidade dos grupos são definidas pelo Whatsapp. Ao entrar seu número pode ser visto por outros integrantes do grupo.


Fale com a Redação