O Departamento de Atenção Especializada da Secretaria de Saúde de Toledo anunciou que os pacientes com indicação para uso de aparelho auditivo terão o primeiro atendimento de forma mais rápida. O novo fluxo vai permitir quatro consultas semanais com otorrinolaringologista de forma prioritária e passa a valer a partir de julho e para este mês já serão 16 avaliações.

O ‘Projeto de Priorização para Pacientes com Indicação de Avaliação para Aparelho Auditivo’ prevê o ‘encaixe’ destes encaminhamentos, sem tirar a vaga das demais pessoas que aguardam na fila, como forma de adiantar o diagnóstico e, por consequência, o acesso ao aparelho. “Quem nesta avaliação tiver a indicação de uso vai para a fila para o aparelho de forma mais rápida”, explica a diretora de Atenção Especializada, Kathelly Mayumi Hino do Nascimento.

A intenção é humanizar e acelerar o atendimento dos pacientes com histórico de surdez, diminuição da acuidade auditiva, histórico familiar de perda de audição, entre outros problemas relacionados. “Essa ação foi possível graças à disponibilidade e sensibilidade do otorrinolaringologista Lino Ladislau Ostroski que entendeu a necessidade de atender rapidamente estes pacientes. A conquista do aparelho auditivo traz mais qualidade de vida e quanto antes isso acontecer melhor”, salienta Kathelli.