Curitiba – Em nota emitida na segunda-feira (6), a Secretaria de Estado da Saúde descartou suspeitas de circulação da nova variante Ômicron no Paraná. Os possíveis sete casos suspeitos da nova cepa, divulgados na última semana, foram descartados por não apresentarem a detecção do vírus Sars-Cov-2.

Os casos eram de pacientes dos municípios de Curitiba e de Foz do Iguaçu que foram isolados e estavam sendo monitorados pela Vigilância Epidemiológica, após terem tido contato com um caso confirmado em São Paulo, no aeroporto de Guarulhos. De acordo com a secretaria, com o resultado negativo as amostras não foram encaminhadas para sequenciamento genômico na Fiocruz.

 

Novas doses

O Paraná recebeu na tarde de ontem (6) novas vacinas contra a Covid-19 para dose reforço da população. Chegaram ao estado mais 376.740 vacinas da Pfizer/BioNTech. Os imunizantes serão destinados para dose reforço da população acima de 18 anos.

As doses foram encaminhadas ao Centro de Medicamentos do Paraná, onde serão conferidas e organizadas para serem distribuídas às 22 Regionais de Saúde. Além dessas, outras 10.500 AstraZeneca/Fiocruz para dose reforço da população indígena (de 18 a 59 anos) também chegaram no início da noite de ontem.

De acordo com o secretário de Estado da Saúde, Beto Preto, “essas vacinas que chegaram já devem ser descentralizadas já nesta terça-feira (7). A dose reforço é muito importante neste momento, com o surgimento de mais uma variante. A mutação do vírus continua e, receber a DR (dose reforço) é uma forma de nos blindarmos contra a doença”.

Dados do vacinômetro nacional, apontam que o Paraná já aplicou 17.618.505 vacinas contra a Covid-19, sendo 8.933.304 primeiras doses e 7.779.151 segundas doses ou doses únicas. O Estado registra ainda a aplicação de 57.775 doses adicionais e 848.275 doses de reforço.

PR: Atualização dos números da Covid

A Secretaria de Estado da Saúde divulgou ontem (6) mais 826 casos confirmados e 12 mortes — referentes aos meses ou semanas anteriores e não representam a notificação das últimas 24 horas — em decorrência da infecção causada pelo novo coronavírus. Os dados acumulados do monitoramento da Covid-19 mostram que o Paraná soma 1.577.178 casos confirmados e 40.592 mortos pela doença. Os óbitos divulgados ontem são de dezembro (8), setembro (1) e agosto (1) de 2021 e novembro (1) e setembro (1) de 2020. São nove mulheres e três homens, com idades que variam de 51 a 79 anos.

Ainda ontem, 147 pacientes com diagnóstico confirmado de Covid-19 estavam internados, sendo 87 pacientes em leitos SUS (43 em UTI e 44 em leitos clínicos/enfermaria) e 60 em leitos da rede particular (34 em UTI e 26 em leitos clínicos/enfermaria). Outros 516 pacientes internados, 249 em leitos UTI e 267 em enfermaria, que aguardam resultados de exames.

 

 

Cascavel tem vacina para público geral nesta terça

 

A terça-feira (7) será de vacinação contra a Covid-19 em todas as unidades de saúde (UBSs e USFs) de Cascavel. A imunização, para o público geral, é para pessoas a partir de 12 anos, e haverá aplicação da 1ª, 2ª e 3ª doses. A segunda dose é para vacinados com a primeira até o dia 12 de outubro com o imunizante Pfizer. Já a dose de reforço (3ª dose) é para aqueles que tomaram a segunda até o dia 7 de julho. O horário de atendimento foi estendido e acontece até às 21h.

 

Documentação

Para receber o imunizante, é necessário comparecer à unidade de saúde portando CPF ou Cartão Nacional de Saúde, documento com foto e comprovante de residência. Também é necessário apresentar o comprovante da primeira dose para quem irá tomar a segunda, ou comprovante das duas doses para quem receberá a dose de reforço.

Os adolescentes precisam estar acompanhados dos pais ou responsáveis. Se isso não for possível, é necessário levar um termo de autorização assinado pelo responsável que ficará retido na unidade. Além disso, é preciso levar comprovante de residência, carteira de vacina e documento de identificação.