Em uma ação civil pública coletiva, MPF (Ministério Público Federal) e MPE (Ministério Público Estadual) pedem do Estado e da União a transferência imediata de pacientes com covid-19 de Cascavel para outras regiões. A ação lista o colapso da rede de saúde, que desde a semana passada está superlotada e não consegue mais fazer frente à demanda. Nesta quarta-feira, apenas em Cascavel havia 45 pacientes à espera de um leito de UTI, sendo que nenhum estava disponível. Situação que se repete em toda a Macro-Oeste. Nesta quarta, eram 98 pacientes aguardando UTI, enquanto havia apenas três leitos em toda a macrorregional. Em Cascavel, pacientes são intubados no saguão da UPA Veneza, e desde ontem o Hospital de Retaguarda suspendeu recebimento de novos pacientes devido à sobrecarga.

Na ação, os promotores federal Andressa Zanette e e estadual Ângelo Ferreira, pedem multa diária de R$ 1 milhão em caso de descumprimento, além da apresentação de um imediato plano de ação.

Confira as ações

Decisão. ACP. COVID

acp coletiva para transferência de pacientes covid para fora do estado- rko 1