O MON (Museu Oscar Niemeyer) realiza nesta quinta-feira (26), às 19h, a mostra “Decantação e Desastres”, que reúne os trabalhos das artistas Carina Weidle e Lígia Borba.

Com curadoria de Agnaldo Farias, a proposta é estabelecer um diálogo entre as obras das duas artistas. São esculturas, fotos, cerâmicas e pinturas.

Carina Weidle apresenta um projeto de exposição alicerçado em trabalhos produzidos nos últimos anos, em cerâmica primordialmente, mas também envolvendo vídeos. Parte dessa proposta é resultado da tese de doutorado intitulada Des Astres com a máquina de escrever, a guilhotina e os fósforos (USP, 2014).

Lígia Borba propõe grupos escultóricos que tem comum o procedimento de reprodução de objetos em técnicas cerâmicas variadas por meio de moldes onde cada cópia é feita de maneira a apresentar algum grau de diferença, demonstrando assim um desenvolvimento em narrativa literária temporal.

O curador Agnaldo Farias acrescenta: “Nessa exposição, a cerâmica e a porcelana são os denominadores comuns entre as artistas. O que é o mesmo que dizer que trabalham em parceria com o fogo. É a ele que submetem a argila, intensamente manipulada até atingir o que se deseja: cabeça, fruta, mão, uma vulgar caixa de fósforos, uma pequena pilha de biscoitos”.

“Decantação e Desastres” fica aberta até 9 de setembro de 2018. No dia e horário da inauguração a entrada é franca. A visitação pode ser feita de terça a domingo, das 10h às 18h. O valor do ingresso é R$ 20 e R$ 10 a meia-entrada. Todas as quartas-feiras a entrada é gratuita.

Serviço

O que: Exposição “Decantação e Desastres”

Período: de 26 de abril até 9 de setembro de 2018

Horário da abertura: 19h

Onde: Museu Oscar Niemeyer

Visitação: De terça a domingo, das 10h às 18h

Valores: R$ 20,00 e R$ 10 a meia-entrada

Venda de ingressos e acesso às salas de exposição até 17h30

Atenção: Entrada gratuita no dia da abertura e todas as quartas-feiras

Informações: (41) 3350-4400 e museuoscarniemeyer.org.br