O ano de 2018 celebra um marco importante na história da MINI: o 25º aniversário de comercialização do primeiro MINI Cabrio, ocorrida no Reino Unido, em 1993. O primeiro MINI com carroceria conversível, denominado Rover Mini Cabriolet, foi lançado no mercado britânico em junho de 1993, influenciado pelo sucesso obtido por uma versão exclusiva criada pela empresa alemã Lamm Autohaus, 2 anos antes, e batizada de Mini Lamm Cabriolet. A Lamm Autohaus removeu o teto do veículo e promoveu a venda de 75 exemplares do modelo modificado na terra de Sua Majestade. O sucesso foi instantâneo e todas as unidades do Mini conversível foram vendidas imediatamente alçando o Cabriolet ao status de um dos mais raros Minis já produzidos.

Com a alta procura e a consequente exclusividade, por ocasião de seu lançamento, em 1993, o Mini Cabriolet custava quase o dobro do valor de um Mini Clássico. A nova versão foi disponibilizada em duas combinações de cores: Caribbean Blue (azul), com teto removível cinza, e Nightfire Red, com teto também em vermelho. O modelo trazia ainda rodas Revolution, de 12 polegadas de diâmetro, listras finas brancas percorrendo a lateral da carroceria, e uma ampla grade frontal cromada. Outra característica especial do modelo era a carroceria, que recebeu reforços para acomodar o novo capô. Na época, a mecânica do Cabriolet era idêntica ao do Cooper 1.3i. O interior do veículo, no entanto, foi luxuosamente adornado com painel em madeira de nogueira, volante revestido de couro preto e cintos de segurança coloridos.

MINI Cabrio no Brasil

O MINI Cabrio fez sua estreia no Brasil em meados de 2009, logo após a marca britânica iniciar sua operação comercial no país. Em agosto de 2013, a MINI promoveu o lançamento da versão John Cooper Works Cabrio, a opção mais apimentada do conversível, juntamente com outros integrantes da família John Cooper Works, incluindo as variantes Coupé e Roadster. E, 3 anos depois, em agosto de 2016, a nova geração do MINI Cabrio desembarcou por aqui equipada com o novo motor 2.0 TwinPower Turbo, de quatro cilindros e 192 cavalos de potência, capota elétrica, além de outros aprimoramentos significativos aptos a tornar a experiência de dirigir a céu aberto ainda mais dinâmica, refinada e versátil. Nestes quase 10 anos de presença da MINI no Brasil, aproximadamente 1.400 unidades do Cabrio foram vendidas pela marca no mercado nacional.