Cascavel tem um grande e comprovado potencial produtivo no setor da piscicultura, com uma lâmina de água de 600 hectares, segundo levantamentos do Instituto Emater e do IBGE. Com base nesses números, o Município tem em análise projetos de construção de tanques de até 50 hectares de lâmina de água, com potencial de chegar a 150 hectares. De acordo com a Secretaria Municipal de Agricultura, hoje um hectare de lâmina de água trabalhado com tecnologia de ponta gera uma produção de R$ 45 mil ao produtor.

Esse potencial tem atraído olhares de longe. Tiago Aparecido Souza Silva e Ivandra Inácio de Souza vieram de Uberlândia (MG), onde possuem um frigorífico. A intenção é expandir os investimentos e a família escolheu Cascavel para fazer o investimento devido à abundância de água, mão de obra especializada e incentivo do governo municipal para instalar a unidade de abate. "Queremos iniciar os trabalhos aqui, em Cascavel, abatendo de 3 mil a 5 mil quilos de peixes por dia e gerando cerca de 40 empregos diretos e mais centenas de outros indiretos na cadeia produtiva do peixe nas propriedades rurais integradas ao projeto", adiantou o empresário.

A Secretaria de Agricultura apresentou aos empresários um estudo de viabilidade de construção do frigorífico baseado na área que eles precisam para abater até 15 mil quilos de peixe dia, que seria de 10 mil metros quadrados. O terreno com 50 alqueires, de propriedade do Município e disponível para receber o empreendimento, foi apresentado aos empresários mineiros pela Fundetec.

O imóvel fica no Citivel 2, às margens da rodovia de acesso ao Distrito de São João do Oeste. "Hoje são 149 produtores cadastrados. A maioria é de pequenos produtores e são esses que precisamos fortalecer", explicou Alcione Gomes, presidente da Fundetec.

O secretário de Agricultura, Ney Haveroth, disse que esse investimento é importante para demandar toda a produção existente do Município. "Os piscicultores têm dificuldade com a colocação da produção no mercado devido à falta de um frigorífico para absorver essa demanda. Precisamos dar essa segurança para o produtor, dar a garantia de que a produção vai ter destino certo. Essa integração de esforços vai abrir portas para investimentos, incentivar a cadeia produtiva do peixe e gerar empregos para Cascavel", completou.

Show Pecuário

O gerente da Sociedade Rural Patronal de Cascavel, Ivanor Melek, anunciou que neste ano o Show Pecuário terá um estande exclusivo para a piscicultura. O evento será realizado de 23 a 26 de julho, no Parque de Exposições de Cascavel.