O Hemepar (Centro de Hematologia e Hemoterapia do Paraná), órgão vinculado à Secretaria de Estado da Saúde está precisando de doadores. Desde o início da pandemia da Covid-19, as coletas têm diminuído e a demanda por sangue em todo o Estado se mantém. “Mesmo com a pandemia, outras doenças continuam infectando os paranaenses, os traumas continuam acontecendo e muitas transfusões ainda são necessárias”, disse o secretário de Estado da Saúde, Beto Preto.

Em Cascavel, de acordo Fabio Alexandre Alff, chefe técnico do Hemocentro (uma das 22 unidades da Hemorrede), desde mês de fevereiro de 2020 houve redução de aproximadamente 30 a 40% no número de doadores que procuraram a unidade por conta da pandemia de Covid-19. Entretanto, os profissionais continuam buscando alternativas para não prejudicar quem necessita das doações e também para facilitar com que os doadores possam ir ao Hemocentro. Uma das alternativas foi ampliar o atendimento, que era realizado de segunda à sexta, e passou a ocorrer também aos sábados, das 7h às 18h.

Com o passar dos meses o Hemocentro começou a colher os frutos da busca por mais doadores. Antes da pandemia, a unidade atendia em torno de 1.200 doadores por mês. Com a ampliação nos dias e horários de atendimento, a capacidade passou para 1800. “Nós temos capacidade para atender 21 mil doadores por ano. A gente coleta aproximadamente 470 ml de sangue de cada doador”, disse Alexandre Alff.

Assim, além de atender os pacientes de Cascavel, o Hemocentro também consegue dar suporte a outras regionais que estejam com estoque de sangue abaixo do necessário. A unidade de Cascavel está localizada na Rua Avaetés, 370, no Bairro Santo Onofre, atrás do Huop (Hospital Universitário do Oeste do Paraná).

Para doar é necessário fazer o agendamento pelo site da Secretaria de Saúde <www.saude.pr.gov.br/doacao>, clicando na opção “agendar doação”.

Como ser doador?

Para ser um doador é necessário ter entre 16 e 69 anos completos, sendo que os menores de idade devem estar com autorização e presença de um responsável. O doador deve pesar no mínimo 51 quilos, estar descansado, alimentado e hidratado (evitar alimentação gordurosa nas quatro horas que antecedem a doação) e apresentar documento oficial com foto.

Quem teve Covid-19 pode doar?

Sim! De acordo com o Hemepar, pessoas que foram contaminadas com a Covid-19 devem aguardar o prazo de 30 dias para que estejam aptas a doarem sangue.

Já as pessoas imunizadas contra a Covid-19 podem fazer doações de sangue normalmente, desde que aguardem o período estipulado para cada tipo de vacina: Coranovac/Butantan necessita de prazo de 48 horas após o recebimento e AstraZeneca/Oxford/Fiocruz, Pfizer/BioNTech e Janssen/Johnson & Johnson pedem o intervalo de sete dias após a imunização.

Reportagem: Paulo Eduardo