Ao abrir a Escola de Governo na manhã de ontem – quando a Assistência Social prestou contas deste primeiro quadrimestre do ano – o prefeito Leonaldo Paranhos e a secretária de Educação, Márcia Baldini, anunciaram o investimento de R$ 2,6 milhões que serão aplicados na licitação para aquisição de produtos perecíveis (bife, carne moída e frango, ou seja, a proteína), itens que fazem parte do novo cardápio da merenda escolar em Cascavel, além de óleo de soja.

"Estamos fazendo uma gestão humanizada e as nossas escolas precisam garantir uma alimentação equilibrada para as crianças, de acordo com as necessidades de cada uma delas. Por isso estabelecemos seis cardápios diferentes, que atendem à realidade de cada escola ou Cmei", explicou a secretária Márcia Baldini.

Nos Cmeis o cardápio é específico para os bebês, que vai desde os que ainda se alimentam só à base da mamadeira até a introdução alimentar, conforme eles vão ficando maiores; há ainda outro cardápio para as crianças maiores de um ano, que já não precisam de mamadeira.

Cardápio diferenciado

Para as escolas tem um cardápio diferenciado para as 12 que ficam em regiões com maior vulnerabilidade social. É um cardápio que contempla mais dias da semana com merenda salgada. Outro cardápio foi feito para as escolas regulares, nas quais as crianças fazem apenas uma refeição na instituição. O cardápio para as escolas que atendem o período integral é maior, pois são cinco refeições ao dia. Ele contempla o almoço e a merenda, conforme o cardápio do ensino regular. E ainda, nas escolas que atendem pré-escola em período integral, tem o cardápio próprio para esta faixa etária, que é mais parecido com o cardápio do Cmei.

O melhor

"Estamos servindo o que há de melhor, mas notamos que uma parcela dos nossos alunos tem uma boa alimentação em casa. Esses não podem ter queda na alimentação na escola; mas temos uma grande parcela de crianças que não têm, então temos que adequar a alimentação para cada realidade, por regiões nas quais detectamos as deficiências alimentares", explicou Paranhos.