O Tricolor voltou à liderança do Campeonato Brasileiro – enquanto aguarda o desfecho da 25ª rodada. Na tarde de ontem, na Vila Belmiro, o São Paulo empatou com o Santos por 0 a 0 e ultrapassou o Internacional – que joga nesta segunda-feira (17) – na classificação, contra a Chapecoense.

Agora, o São Paulo tem 50 pontos contra 49 dos gaúchos. No próximo fim de semana, em um novo desafio nessa briga ponto a ponto pelo topo da tabela, a equipe são-paulina receberá o América-MG no Morumbi.

Com as defesas bem compactas, o placar não foi alterado. Na reta final, pouco antes do intervalo, o Tricolor sofreu um uma baixa: com dores musculares, Everton teve que ser substituído e deu lugar ao jovem Liziero.

Na volta para o segundo tempo, o ritmo do clássico diminuiu: os anfitriões até tentaram pressionar e chegaram com perigo, mas o São Paulo segurou o ímpeto do rival. Já nos acréscimos, o San-São ficou franco e os dois times batalharam pelo gol, porém, as redes não balançaram.

Invencibilidade

O Palmeiras visitou a equipe do Bahia, na Arena Fonte Nova, na tarde de ontem e empatou por 1 a 1. O time começou perdendo com gol sofrido no primeiro tempo e deixou tudo igual com gol de Felipe Melo, de cabeça, após cobrança de escanteio de Dudu, aos 32 minutos da etapa derradeira. Com o resultado, o Verdão segue na terceira colocação da tabela, com 47 pontos, há apenas três pontos do líder, São Paulo, e dois do vice-líder, Internacional.

1ª partida da final

Operário e Cuiabá empataram por 3 a 3 no Germano Krüger, em Ponta Grossa, pela primeira partida da final da Série C no sábado. O time paranaense chegou a abrir dois gols de diferença, ainda no primeiro tempo, mas levou a virada na segunda etapa. Após o apito final, jogadores se envolveram em briga no gramado. O jogo de volta será no próximo sábado (22), na Arena Pantanal.