Nas eleições deste domingo (7), o eleitor terá que votar em seis candidatos: 1 deputado federal, 1 deputado estadual, 2 senadores, 1 governador e 1 presidente da República. Inclusive, essa é exatamente a ordem de votação na hora de digitar na urna.

O eleitor necessitará digitar 19 números no total e, por isso, a Justiça Eleitoral recomenda levar uma “colinha” para não esquecer os números.

Andréia Schmitt, chefe do Cartório Eleitoral da 143ª Zona Eleitoral, explica que o eleitor deverá anotar o número em um papel, mas o mais fácil mesmo é usar uma colinha própria que a Justiça Eleitoral confeccionou para facilitar a vida do eleitor. Você pode retirá-la no Fórum Eleitoral mas também pode recortar a colina desta página, que é tem o mesmo padrão. “A colinha vai agilizar na hora da votação porque o eleitor pode esquecer algum número”, diz Andréia.

seções eleitorais serão abertas para a votação a partir das 8h de domingo e o eleitor terá até as 17h para escolher seus representantes. Importante: não esquecer do título de eleitor, onde constam a seção e a zona eleitoral. Se você já sabe onde vai votar, pode apresentar apenas um documento com foto.

Atenção!

Fotografar a cola com o celular é perda de tempo, porque o eleitor não poderá chegar até a urna com aparelhos eletrônicos.

 

Aplicativo ajuda eleitor a se localizar

O aplicativo e-título, lançado pelo TSE (Tribunal Superior Eleitoral), é uma ferramenta importante para o eleitor se localizar na hora de votar. Ele contém o número correto da seção de votação e o local onde ela está instalada. “O aplicativo é completo, não vai deixar o eleitor perdido”, diz a chefe do Cartório Eleitoral da 143ª Zona Eleitoral, Andréia Schmitt.

Ela explica que o aplicativo, que pode ser baixado no Play Store, ajudará a localizar o local correto de votação, já que houve muitas mudanças que afetaram diretamente 26 mil eleitores na Comarca de Cascavel, que inclui ainda os municípios de Santa Tereza do Oeste e Lindoeste. “A [escola] Maria Fanny, na Região do Lago, não é mais local de votação, agora é na Anhanguera [Faculdade]”, exemplifica.

O APP pode ser baixado para smatphone ou tablet, nas plataformas iOS e Android. Após baixá-lo, basta que o eleitor insira seus dados pessoais.