O último “incêndio” do ano da Câmara de Cascavel, a votação do reajuste do IPTU, já ficou no passado, garante Rômulo Quintino (PSL), vereador que assumiu a liderança do Governo na Câmara – após caçar onça na Secretaria de Meio Ambiente – com a missão de apagar “incêndios”.

Rômulo adianta que, para este ano, a administração municipal prepara a implantação do IPTU Progressivo, criado ainda em 2001 pelo Estatuto da Cidade (Lei 10.257) e até hoje na gaveta.

O Estatuto permite aos municípios aplicarem o imposto em duas frentes: valor venal do imóvel levando em conta localização e uso e outra de progressividade de tempo, esta penaliza os especuladores que deixam terrenos desocupados para fins de valorização imobiliária.

Em outras ocasiões o prefeito Leonaldo Paranhos declarou que está para governar pelo povo, “sem receio das pressões dos ricos”. Com base nisso, o líder de Governo no Legislativo garante que vem bomba pela frente!

HojeNews – Que ações destaca no Legislativo e enquanto secretário de Meio Ambiente?

Romulo Quintino – Nossa principal ação do ano foi a implantação da Patrulha Ambiental quando estive na Secretaria do Meio Ambiente. Fiz um projeto sobre a perturbação em 2014 e agora, com a implantação da Patrulha, ele pôde ser efetivado. Além disso, a Patrulha Ambiental atua de forma relevante e muito forte em várias outras frentes, como as queimadas e a educação ambiental. É um importante instrumento para o combate e a orientação.

HojeNews – Como foi assumir o cargo de Liderança do Governo?

Quintino – O cargo da Liderança de Governo é um posto muito importante… Veja que são muitas as realizações do governo em Cascavel, especialmente nesses dois anos que vêm pela frente, e defender bons projetos no Legislativo é algo que farei com muita tranquilidade e convicção, tendo em vista a certeza de que o Governo Paranhos está dedicado em realmente administrar para quem precisa.

HojeNews – As últimas sessões na Câmara foram bastante tumultuadas…

Quintino – Foram tumultuadas por conta dos projetos que geraram um pouco mais de discussões… é normal… é do período. Mas essa batalha no campo das ideias é muito importante sempre.

HojeNews – Como foi atuar dentro do Executivo, como secretário?

Quintino – Foi uma experiência muito importante estar no Executivo por quatro meses, como combinado anteriormente com o prefeito. Era um tempo, acabei resolvendo algumas pendências que existiam e, sobretudo, aprendi e compreendi sobre as limitações e as possibilidades do Executivo.

HojeNews – Como se dá a relação com o prefeito Paranhos?

Quintino – Minha relação com o prefeito é excelente, de respeito mútuo, como disse: acredito na genuína boa intenção dele. Isso é fato! Por isso continuaremos próximos.

HojeNews: Já existem ações previstas pelo Executivo para melhorar as receitas? Qual o plano assim que forem retomadas as sessões, em fevereiro?

Quintino – O governo municipal não quer onerar mais a população que já paga vultosas quantias em impostos. O que foi feito através de reajuste inflacionário é algo minimamente responsável. Agora, iremos caminhar no IPTU Progressivo, pois isso é necessário e justo. Quem está especulando, pode pagar mais!