Limite ao PIX

Apesar da desconfiança inicial, muita gente já se rendeu às facilidades do PIX. Só que, como quase tudo no Brasil, os bandidos também estão se aproveitando da ferramenta. Para se ter uma ideia, o roubo com PIX disparou e os sequestros-relâmpagos cresceram 39% só em São Paulo. Para pôr um freio no negócio, a partir de agora os bancos terão de respeitar uma série de limites que voltam a burocratizar o que era para ser simples. Tudo culpa dos bandidos!

 

Limite de horários

O Banco Central divulgou nessa sexta uma série de mudanças no PIX, incluindo limite de R$ 1 mil para operações entre as 20h e as 6h, que deve ser estendido a outras transferências, em compras pelo cartão de débito e em TEDs (Transferência Eletrônica Disponível). E não adianta chorar. Os bancos terão de respeitar prazo mínimo de 24 horas para aumentar limites de transações.

 

Parque do Iguaçu

A Câmara de Foz do Iguaçu discute na próxima semana a nova concessão do Parque Nacional do Iguaçu. O objetivo é ampliar a discussão, uma vez que a concessão deve ter prazo de 30 anos e afeta diretamente Foz e demais municípios no entorno do Parque. O evento deverá contar com a presença do prefeito Chico Brasileiro, representantes do Conselho Municipal de Turismo de Foz e membros da Acamop (Associação das Câmaras de Vereadores do Oeste do Paraná).

 

Itaipu e Acamop

Itaipu promoveu encontro virtual com presidentes e vice-presidentes das Câmaras de Vereadores dos 55 municípios da área de atuação da usina. A atividade faz parte do Programa de Formação de Vereadores, que pretende conectar as ações do Legislativo e do Executivo municipais aos ODS (Objetivos de Desenvolvimento Sustentável) da ONU (Organização das Nações Unidas). Na oportunidade, foram apresentadas as ações socioambientais da Itaipu.

 

Auxílio emergencial

A Comissão de Seguridade Social e Família da Câmara dos Deputados aprovou proposta que determina a restituição em dobro do auxílio emergencial pago pelo governo durante a pandemia da covid-19 por quem tenha recebido o benefício de má-fé. Pelo texto, a devolução se dará em até seis meses, na forma de regulamento, e após esse prazo será cobrada multa diária de 0,33%, até o limite de 20% do valor total devido.

 

Lote Social

O prefeito de Toledo, Beto Lunitti, realizará a sanção do Programa Lote Social na segunda-feira (30). O Lote Social vai proporcionar o acesso das pessoas cadastradas em programas habitacionais da prefeitura a terrenos urbanizados a preço de custo. Outro benefício será a isenção dos tributos municipais que incidirem sobre a transmissão da propriedade do respectivo imóvel, a execução das obras e a propriedade e utilização do imóvel.

 

Requisitos

Para ser beneficiário, o interessado deverá atender requisitos como estar inscrito no cadastro preexistente na Secretaria de Habitação e possuir renda familiar total de até cinco salários mínimos. Os beneficiários terão cinco anos para início da construção da moradia e dez para a conclusão das obras e emissão do habite-se e sua averbação na matrícula do imóvel. A prefeitura irá disponibilizar aos contemplados um projeto padrão para edificações com 42 ou 60 metros quadrados. A planta será propiciada pelo Município.

 

Bandeira vermelha

A bandeira vermelha 2, sobretaxa que é acionada nas contas de luz quando o custo da geração de energia aumenta, deve subir de R$ 9,49 para um valor entre R$ 14 e R$ 15 a partir de setembro. A decisão da Aneel (Agência Nacional de Energia Elétrica) será informada até terça-feira. Será um aumento de 50% a 58%.