Pego no flagra

O vereador Adelar Neumann (DEM), de Marechal Cândido Rondon, foi “pego no flagra” ontem recebendo metade do salário de um servidor comissionado que ele teria indicado. A prisão foi feita pelo Núcleo de Foz do Iguaçu do Gaeco (Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado), em trabalho conjunto com a 2ª Promotoria de Justiça da Comarca de Rondon. Era por volta do meio-dia, quando o vereador foi preso e deve responder pelos crimes de extorsão, concussão e tráfico de influência. Segundo o Gaeco, desde agosto do ano passado Adelar vinha recebendo R$ 2 mil por mês como exigência para que o servidor permanecesse no cargo.

Posse OAB

A sessão solene de posse da nova diretoria e dos conselheiros da Subseção de Cascavel da OAB (Ordem dos Advogados do Brasil) será realizada nesta quarta-feira (6), a partir das 19h30, no Teatro Municipal Sefrin Filho, em Cascavel.

Quem assume

O advogado Jurandir Ricardo Parzianello Junior substituirá o advogado Charles Duvoisin para os próximos três anos. Também fazem parte da nova diretoria da OAB os advogados Paulo Roberto Pegoraro Junior (vice-presidente), Juliano Ricardo Tolentino (secretário-geral), Rossana do Nascimento Schreiner (secretária-geral adjunta) e Silvia Regina Mascarello Massaro (tesoureira).

Ano da retomada

Durante a posse da nova mesa diretora da Câmara de Cascavel, o prefeito Leonaldo Paranhos abriu os trabalhos da Sessão Legislativa parabenizando o novo presidente Alécio Espínola, confiante de que "Cascavel pode ser referência de Legislativo para todo o Brasil". "Estamos iniciando o segundo mês de 2019, um ano de retomada; é o momento de imprimir um ritmo diferente e de total transparência, mas é também momento de desafios, uma vez que os prefeitos ingressam no terceiro ano de mandato justamente no período em que tomam posse novos governadores e um novo presidente da República".

Novo hospital I

O convênio para a construção de um hospital em Capitão Leônidas Marques foi assinado pelo prefeito Claudio Quadri e os recursos no valor de R$ 6,6 milhões do Ministério da Saúde obtidos por intermediação do então deputado Alfredo Kaefer (PP) já estão depositados em uma conta específica na Caixa. A obra representa a consolidação de um antigo sonho da população.

Novo hospital II

A contrapartida da prefeitura para a consolidação do projeto é de R$ 1,6 milhão, que serão viabilizados pela Geração Céu Azul, associação entre a Neoenergia e a Copel, responsáveis pela construção da Usina do Baixo Iguaçu.

Novo hospital III

“Além de Capitão, moradores de toda a região precisam desse novo hospital. Temos um hospital antigo que já não atende a demanda e sofre com uma série de exigências dos órgãos fiscalizadores. Esse é o motivo da luta para a construção desta nova unidade”, disse o prefeito, que ainda reforçou o empenho de Alfredo Kaefer para viabilizar essa importante estrutura.

Guerra ao crime

O presidente Jair Bolsonaro afirmou, em mensagem ao Congresso Nacional, que o governo brasileiro "declara guerra" ao crime organizado. A mensagem foi lida pela primeira-secretária do Congresso, deputada Soraya Santos (PR-RJ), porque o presidente está hospitalizado. "O governo brasileiro declara guerra ao crime organizado. Guerra moral, guerra jurídica, guerra de combate. Não temos pena nem medo de criminoso. A eles sejam dadas as garantias da lei e que tais leis sejam mais duras. Nosso governo já está trabalhando nessa direção", declarou Bolsonaro. Clique aqui e confira a íntegra da mensagem: