Delação de Fanini na PGR

A procuradora-geral da República, Raquel Dodge, teria assinado na sexta-feira a delação premiada de Eduardo Fanini, ex-superintendente da Educação do Paraná acusado de ser o articulador do esquema de desvios milionários no Governo Beto Richa, investigado na Operação Quadro Negro. Fanini vem negociando a delação há pelo menos um ano. Preso desde setembro, mês passado foi transferido para Brasília por questões de segurança. Fanini é amigo do ex-governador Beto Richa desde os tempos de faculdade e pode pôr abaixo a casa tucana do Paraná.

Diretores da Acic

A nova diretoria executiva e dos conselhos da Acic (Associação Comercial e Industrial de Cascavel) toma posse na próxima quinta-feira (24). A solenidade será às 18h30 na Sala Paraná. O presidente e vice, Edson José de Vasconcellos e Sandro Bacarin, foram reeleitos em abril e tomarão posse para mandato de mais um ano. O novo presidente do Conselho Deliberativo é o advogado Eder Quareli.

Observatório

O Observatório Social de Cascavel vai eleger no dia 20 de junho a nova diretoria. Será a partir das 18h, na sede do Observatório, no Edifício Rui Barbosa, onde funciona a Acic. Há uma chapa inscrita e tem Rui Dias como candidato a presidente. O eleito vai substituir no cargo ao empresário José Alexandre Polasek para o biênio 2018/2020.

Amop moderna

A Amop vai incluir mais dois municípios ao quadro associativo: Francisco Alves e Cantagalo, fazendo com que, de forma efetiva, a entidade passe a contar com 54 municípios associados em seu quadro.

Eleições

A entidade fez ainda outra alteração: a data da realização das eleições para a escolha da nova diretoria da entidade. Em vez de ser realizada no fim de março, a eleição agora vai acontecer sempre na segunda quinzena de janeiro.

Reajuste

Nesta segunda-feira (21) serão votados na Câmara de Cascavel os Projetos de Lei 50 e 51 de 2018, que dispõem sobre a revisão geral anual dos servidores municipais do Executivo e do Legislativo. O índice proposto é de 1,7%, apenas a título de reposição inflacionária. A prefeitura tem hoje aproximadamente 8 mil servidores e a Câmara, 167 funcionários.

Professores

Já com relação aos professores municipais, para cumprir o piso nacional é preciso, além de 1,7%, um abono salarial para chegar aos R$ 2.455,35 conforme manda a lei. A administração garante que, dentro desses números, há fôlego financeiro sem risco de atingir o índice prudencial.

Cadê as noivas

A pouco mais de um mês para as convenções partidárias, segue incógnita a vice tanto dos candidatos a governador do Paraná quanto a presidente do Brasil. Por aqui, tudo ainda pode acontecer. Tanto que os três principais pré-candidatos se encontraram ontem em Cascavel. Tudo na maior educação e cordialidade.

Na espera

No cenário nacional, a maior “noiva” das eleições parece ser o PSB, mais assediada ainda depois de o ex-ministro Joaquim Barbosa abandonar a disputa. Um dia depois de o presidente do PDT, Carlos Lupi, dizer que a aliança entre seu partido e o PSB é a “maior prioridade” da pré-candidatura de Ciro Gomes, a presidente do Podemos, deputada federal Renata Abreu (SP), disse que gostaria de ter os socialistas ao lado da legenda e engrossando a candidatura do senador Alvaro Dias ao Planalto.

Apoio fechado

“Muitos candidatos do PSB têm declarado apoio ao Alvaro. Então acredito que uma aliança entre as duas siglas teria muita sinergia”, disse Renata, que já garantiu apoio no maior colégio eleitoral do País. Segundo ela, em São Paulo as duas legendas estarão juntas – na chapa do governador Márcio França (PSB) e do vereador Mário Covas Neto, que vai, pelo Podemos, buscar uma vaga no Senado.

E no Paraná?

A possibilidade de ter um candidato paranaense na briga pela Presidência da República vai influenciar as eleições no Estado e confrontar as alianças partidárias.