Informe da redação do dia 08 de janeiro de 2019

Corda bamba

Aos poucos, o Governo Bolsonaro vai colecionando pérolas que lembram o antigo Governo Dilma. Mas a mais recente parece que acabou com a paciência do presidente Jair Bolsonaro. Tanto que já corre nos bastidores que a ministra da Mulher, Família e dos Direitos Humanos, Damares Alves, deve ser a primeira baixa no governo, após sua entusiasmada manifestação do “menina veste rosa, menino veste azul”. As informações são de Maurício Lima, da coluna Radar, da Veja.

brde1

Vem bomba

Os juízes do Trabalho preparam uma “resposta” ao presidente Jair Bolsonaro, que admitiu semana passada a possibilidade de extinguir essa esfera do Judiciário. Os magistrados convocam ato da categoria para o próximo dia 21, às 10h. Em nota pública, a entidade esclarece “alguns aspectos” sobre a Justiça do Trabalho levantados por Bolsonaro. A manifestação “Em favor da Justiça do Trabalho” será em frente ao Fórum Ruy Barbosa, em São Paulo.

Operação Piloto I

Há “milhões de motivos” para manter Deonilson Roldo (ex-chefe de Gabinete de Beto Richa) e Jorge Theodócio Jorge Atherino (empresário, amigo e sócio do ex-governador) na cadeia. Eles estão presos desde outubro quando foi deflagrada a Operação Piloto, fase da Lava Jato que investigou o direcionamento em favor da construtora Odebrecht da licitação para obras e futura exploração do pedágio na PR-323, em 2014, pouco antes da campanha de reeleição do ex-governador Beto Richa. Em troca, a construtora pagaria R$ 4 milhões em propina.

Operação Piloto II

Na semana passada, o juiz da 23ª Vara Criminal da Justiça Federal de Curitiba, Paulo Sérgio Ribeiro, negou conceder habeas corpus aos dois, que são considerados dentre os mais importantes implicados na Operação Piloto. As investigações já revelaram milhões de reais movimentados de maneira irregular.

Pós-recessão

Apenas seis estados vão conseguir apagar neste ano os estragos causados pela recessão econômica. Levantamento da Tendências Consultoria Integrada mostra que Pará, Roraima, Mato Grosso, Santa Catarina, Rondônia e Mato Grosso do Sul serão os únicos a superar o PIB (Produto Interno Bruto) de 2014 – quando o País entrou na pior recessão da história. As informações são do Estadão.

Paraná fora

Nos demais 20 estados (inclusive o Paraná) e no Distrito Federal, os novos governadores não terão o mesmo alívio. Pelo levantamento, eles terão crescimento abaixo da média nacional e não conseguirão voltar ao nível pré-crise. As informações foram divulgadas pela revista Veja.

Contagem regressiva

Com os dedos cruzados e de olho no céu, Toledo iniciou a contagem regressiva para o primeiro voo comercial da Azul. A previsão é de que o bimotor ATR-72 deixa Curitiba às 15h desta quarta-feira com 72 passageiros e a tripulação com destino ao Aeroporto Municipal de Toledo Luiz Dalcanale Filho.

Sobras

A Câmara de Guaraniaçu devolveu aos cofres da prefeitura R$ 287 mil de recursos que sobraram do ano de 2018. As atividades legislativas voltaram nessa segunda-feira, após duas semanas de recesso. Já os vereadores voltam semana que vem.

Ila assume a prefeitura

De forma interina, o vice-prefeito de Marechal Rondon, Ilário Hofstaetter, o Ila, assumiu nessa segunda-feira (7) a chefia do Poder Executivo rondonense. Marcio Rauber retorna no dia 15 deste mês, após oito dias de férias remanescentes relativas a 2017. A assinatura do termo de posse ocorreu em ato solene, na sala de reuniões do gabinete. Ilá já assumiu a prefeitura rondonense em meados de março e agosto de 2018, também em decorrência das férias do prefeito.

Unimed

Receba as principais notícias através do WhatsApp

ENTRAR NO GRUPO

Lembre-se: as regras de privacidade dos grupos são definidas pelo Whatsapp. Ao entrar seu número pode ser visto por outros integrantes do grupo.


Fale com a Redação