Informe da redação do dia 04 de junho de 2019

Bolsonaro na Argentina

O presidente Jair Bolsonaro visita o “colega” argentino Mauricio Macri nesta quarta e quinta-feira. Na agenda, a reforma do Mercosul e um tratado para a construção de duas hidrelétricas binacionais, tal como o acordo entre Brasil e Paraguai que permitiu a instalação na usina de Itaipu. As frequentes críticas à “dinastia Kirchner” e à Venezuela sinalizam a tendência de Bolsonaro de apoiar a reeleição de Macri e trabalhar com o argentino para isolar a Venezuela. Em uma live dia 24 de maio, Bolsonaro voltou ao tema e afirmou: “Devemos anunciar uma coisa a mais com o presidente Macri”.

As usinas

Um dos projetos entre Brasil e Argentina busca destravar os estudos de construção de duas hidrelétricas na fronteira do Rio Grande do Sul com a Argentina, no Rio Uruguai: Garabi e Panambi. Em estudo desde 1972, o projeto foi interrompido em 2015, entre outros motivos, pelo impacto ambiental.

PDT de Cascavel

Depois de receber o deputado estadual Marcio Pacheco, o PDT de Cascavel endossou a ficha de dois vereadores: Fernando Hallberg e Serginho Ribeiro. O partido já tinha Aldonir Cabral no Legislativo Municipal. Ambos são egressos do extinto PPL, que não atingiu a cláusula de barreiras nas eleições de 2018. Eles representam importante apoio a Pacheco, que tenta abraçar a sigla até então comandada pelo ex-prefeito Edgar Bueno.

Convênio

A Universidade Positivo e a Polícia Civil do Paraná firmaram convênio de cooperação técnico-pedagógica para ampliar o serviço de psicológico aos policiais civis. As atividades iniciais a serem desenvolvidas por professores e alunos serão relacionados à saúde psicológica e à prevenção do suicídio na corporação.

Duas frentes

O convênio iniciará em duas frentes: prevenção ao suicídio e o outra para melhoria e ampliação do serviço de acompanhamento psicológico já prestado pela Polícia Civil aos servidores. Serão mapeados os principais problemas psicológicos enfrentados pelos servidores, como as regiões e os tipos de trabalhos desenvolvidos.

Fraudes

A 2ª Vara da Fazenda Pública de Foz do Iguaçu condenou três funcionários do Detran por fraudes na liberação de veículos. Os fatos aconteceram entre 2012 e 2013, quando foram constatados ao menos 15 casos em que veículos foram liberados de modo fraudulento, sem o pagamento das taxas devidas, mediante cobrança de propina. Alguns carros foram inclusive liberados para pessoas que não eram proprietárias.

Condenação

Os réus foram condenados à perda da função pública que eventualmente ocupem, ao pagamento de multa (equivalente a duas vezes a última remuneração recebida por dois dos réus e a uma remuneração no caso do terceiro), à suspensão dos direitos políticos por cinco anos e ao ressarcimento de R$ 10.182,63 aos cofres públicos (referentes ao prejuízo com taxas e multas não recebidas).

Receita maior

Em Marechal Cândido Rondon, a prefeitura conseguiu aumento de 8,6% na arrecadação do primeiro quadrimestre, com relação ao mesmo período de 2018, totalizando R$ 75.860.948,16, uma diferença de R$ 6.007.752,83. Parte do aumento é atribuído aos royalties pagos pela Itaipu.

Parceria

Fomento Paraná e Fecomércio firmaram parceria que incentiva sindicatos filiados à federação a aderir ao credenciamento de correspondentes. A Fomento Paraná atua em 207 municípios. Os agentes operam com microcrédito de até R$ 10 mil para pessoa física e até R$ 20 mil para empreendimentos. Os correspondentes são autorizados a operações de crédito de R$ 20 mil a R$ 1,5 milhão para apoiar projetos de micros, pequenas e médias empresas.

 



Fale com a Redação

nove − cinco =