Cunha livre e solto

O TRF4 (Tribunal Regional Federal da 4ª Região), responsável pelo julgamento de apelações das ações da 13ª Vara Criminal Federal de Curitiba, base e origem da Operação Lava Jato, revogou ontem a prisão preventiva do ex-presidente da Câmara dos Deputados Eduardo Cunha. Em votação unânime, os desembargadores mantiveram apenas a proibição a viagens internacionais, mas suspenderam o uso de tornozeleira eletrônica. A decisão foi tomada na análise de um recurso apresentado pela defesa. Condenado em novembro de 2017, pelo próprio TRF4, a 14 anos e seis meses de prisão por corrupção passiva, evasão fraudulenta de divisas e lavagem de dinheiro, Cunha foi preso preventivamente pouco mais de um ano antes, em outubro de 2016. Em março do ano passado, após cirurgia e diagnóstico de covid-19, Cunha saiu da prisão com tornozeleira. Agora, está livre e solto.

 

Moro senador

O ex-juiz e ex-ministro da Justiça Sergio Moro está sendo aconselhado para disputar uma vaga no Senado pelo Paraná no pleito de 2022. Moro iria disputar a única vaga da próxima eleição. Quem defende a candidatura de Moro argumetna que Alvaro dias está desgastado e que os eleitores estão buscando novos nomes. As informações são de Fernando Tupan.

 

Censo 2021

O decano do STF, ministro Marco Aurélio Mello, determinou ontem que sejam adotadas todas as medidas voltadas para a realização do Censo de 2021. Durante a tramitação do Orçamento de 2021, o relator, senador Marcio Bittar (MDB-AC), retirou cerca de R$ 2 bilhões para a execução do Censo este ano e redistribuiu a emendas parlamentares. Para o ministro do STF, o cancelamento da pesquisa, tradicionalmente realizada pelo IBGE, viola a Constituição.

 

Kit intubação

Chegaram ao Brasil os 80 mil medicamentos do kit intubação que foram doados pela Espanha. São 6 toneladas de anestésicos, sedativos e bloqueadores neuromusculares. Os insumos serão distribuídos pelo Ministério da Saúde e a expectativa é de que o estoque dure 30 dias.

 

Sanepar

Em meio a muitas queixas, a Sanepar volta a ser o foco principal de audiência pública em Cascavel. Na próxima quarta, dia 5, problemas de interrupção do fornecimento de água, a qualidade da água, entrada de ar na tubulação e a cobrança da tarifa mínima, além de outros assuntos, serão discutidos no plenário da Câmara de Cascavel.

 

Eleição na Acic

O presidente da Faciap (Federação das Associações Comerciais e Empresariais do Paraná), Fernando Moraes, estará nesta quinta (29) em Cascavel para prestigiar a eleição da nova diretoria executiva da Acic, às 18h, na Sala Paraná. A eleição da Acic terá chapa única, encabeçada por Genesio Pegoraro e Assis Marcos Gurgacz como candidatos a presidente e a vice.

 

 

Foto: DIVULGAÇÃO

Vacinação de professores

Em Toledo, a vereadora Olinda Fiorentin (PSD) solicitou ao Poder Executivo a imediata inclusão dos profissionais da educação pública e privada na lista prioritária de vacinação contra a covid-19. Olinda afirmou que esse passo é decisivo para o processo de retorno ao ambiente escolar com segurança para alunos e professores. Ela cita como argumento a recente aprovação pela Câmara de Cascavel de projeto do Executivo que incluiu esses profissionais na fila da vacinação. Em Cascavel, a intenção é iniciar a imunização deles já a partir das próximas doses recebidas.