Levantamento do Consamu (Consórcio Intermunicipal Samu Oeste) aponta que pessoas na faixa etária acima de 60 anos voltaram a ser maioria entre as atendidas pelo consórcio com sintomas de covid-19 na região Oeste do Paraná. Os dados são referentes a julho e agosto e traduzem uma tendência de consistente alta deste público-alvo.

Os números mostram que, das 772 ocorrências de covid-19 registradas em julho, 295 foram de pessoas acima dos 60 anos; 231 com idade entre 46 e 60 anos; 160 com idade entre 31 e 45 anos; 63 com idade entre 16 e 30 anos e 25 abaixo dos 15 anos.

No mês seguinte, agosto, o registro de pessoas acima dos 60 anos cresceu ainda mais: 332. Entre 46 anos e 60 anos, 179; entre 31 anos e 45 anos, 136; entre 16 anos e 30 anos, 85; e abaixo dos 15 anos, 33. A estatística aponta ainda estabilidade no número de ocorrências covid-19, após queda verificada entre junho e julho.

De acordo com o Dr. Rodrigo Nicácio, diretor Médico do Samu Regional, tal situação, o aumento no número de idosos acometidos de covid-19 e diminuição nos registros envolvendo público mais jovem, é decorrente de uma preocupante mudança no cenário da doença: a queda na imunidade daqueles de idade mais avançada.

“Tal perspectiva fortalece a tese de imunização da terceira dose, tendência esta que já vem se tornando realidade em outros países. Os números mostram que as pessoas que tomaram a segunda dose há mais de seis meses estão retroagindo em sua capacidade imunológica, o que demanda uma dose extra para que a capacidade do organismo superar os efeitos do vírus retome aos patamares anteriores”, indica o médico.