ESPORTES

Grupo do Cascavel é um dos mais equilibrados da série D

30 de maio de 2022 às 12:15
Publicidade

Com o fim do primeiro turno, os 64 times que disputam a Série D do Campeonato Brasileiro fazem um balanço da participação na competição até aqui. A hora é avaliar erros e acertos, projetando a pontuação necessária nesta reta final de primeira fase para definir quem serão os 4 primeiros colocados de cada grupo que avançam para o mata-mata.

Em segundo lugar do grupo 8, com 14 pontos, e atrás apenas no saldo de gols,  o Cascavel teve aproveitamento de 66,7% na primeira parte do campeonato. A equipe conquistou 4 vitórias, 2 empates e foi derrotada só no último jogo.

O time ainda está um ponto à frente do Caxias, terceiro lugar, e tem dois pontos de vantagem do Aimoré, que fecha a zona de classificação. Mas, a diferença do primeiro para o quinto lugar é de apenas 5 pontos, reforçando o quanto o grupo 8 é equilibrado.

“Estamos em um grupo difícil. Muito equilibrado. Desde o início do campeonato ressaltei que esse é um dos 2 grupos mais complicados de toda a competição. Ainda estamos bem na classificação e só dependemos da gente para estar na próxima fase”, disse o técnico Tcheco.

Entre os 8 grupos da Série D, apenas o grupo 4 tem uma diferença menor de pontos entre o primeiro e o quinto lugar do que o grupo da Serpente. Hoje, dois pontos separam o líder Asa da primeira equipe fora da classificação, o Juazeirense.

Para o returno, o Cascavel quer manter o bom retrospecto fora de casa. O time ainda não perdeu longe do estádio Olímpico Regional e vai até Pato Branco, enfrentar o Azuriz novamente, no próximo domingo, para tentar recuperar os pontos perdidos na última rodada.

“É uma derrota amarga, difícil de engolir. Mas, vamos trabalhar essa semana para o jogo lá em Pato Branco. Vamos acertar o que erramos, colocar o pé no chão para conseguir o resultado fora de casa e retomarmos a liderança”, afirmou o goleiro André Luis.

Assessoria

Participe do nosso grupo no WhatsApp

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE