A arte de grafite ganhará mais espaço em Cascavel por meio de ações da campanha Pintar é Legal, Pixar é Crime. Desde o ano passado trabalhos são realizados como na Praça do Bairro Floresta e a expectativa do Município é levar ainda mais cores à cidade.

Um dos novos espaços públicos que serão revitalizados é a Praça Parigot de Souza e para isso a prefeitura contará com parceria de acadêmicos de Arquitetura e Urbanismo do Centro Universitário FAG.

O Município segue com o certame para compra de materiais de pinturas que serão utilizados para essa e outras finalidades.

Na próxima semana haverá a escolha da empresa que fornecerá os produtos e a expectativa é de que sejam investidos no máximo R$ 47 mil.

Talentos

No mês de novembro um festival nacional reunirá grafiteiros reconhecidos em todo o País que irão compartilhar experiências e registrar o talento em diferentes locais. O evento que será realizado de 9 a 11 atende ao pedido da classe artística local. “A cidade vai respirar grafites. Nossa intenção é de que a cidade receba uma roupagem artística na linguagem da cultura urbana”, destaca a gerente de incentivo e fomento à cultura, Meiriane Scussiato.

O festival será organizado pela prefeitura com apoio de integrantes da Cufa (Central Única das Favelas) e grupo Além da Arte. “São esperados mais de 100 artistas para grafitar muros e outros espaços públicos”, afirma Meiriane.

Lacir do Nascimento, que desenvolve oficina artísticas no Creas (Centro de Referência Especializado de Assistência Social) II em Cascavel, avalia de forma positiva iniciativas como essa proposta pelo Município: “Mostra o verdadeiro significado da arte que é interagir com as pessoas. Acho que esse tipo de incentivo agrega muito e ver as ruas mais coloridas é algo que traz mais vida às pessoas”, destaca.