A Secretaria de Estado da Saúde (Sesa) ativou nesta sexta-feira (11) 30 novos leitos para atendimento exclusivo da covid-19 no Estado. São 20 leitos de enfermaria, na Santa Casa de Prudentópolis, seis de UTI no Hospital Municipal do Idoso Zilda Arns (HIZA), em Curitiba e na UPA Tatuquara e quatro de UTI no Sistema Integrado de Saúde do Norte do Paraná (Sisnor), de Campo Mourão.

O secretário estadual da Saúde, Beto Preto, alerta sobre a alta na taxa de ocupação dos leitos e a importância da colaboração da população para conter a disseminação do vírus.

“Estamos em uma fase crítica em relação a ocupação de leitos não só aqui no Paraná, mas em todo Brasil”, disse ele. “Trabalhamos arduamente para que toda população possa ter acesso ao atendimento SUS que merece, mas sem a colaboração da população em manter as medidas restritivas e evitar aglomerações ficará cada vez complicado, pois os leitos e recursos humanos são finitos”, acrescentou.

DADOS – Segundo a Regulação de Leitos Estadual, o Paraná tem 4.908 leitos exclusivos covid-19. Destes, 2.012 são UTIs e 2.896 enfermarias para adultos.

OCUPAÇÃO – Nesta sexta-feira (11), o boletim da Sesa aponta que 1.911 leitos de UTI (95%) do Estado estão ocupados e 2.495 leitos de enfermaria (86%), possuem pacientes internados. São 1.213 pacientes que aguardam na fila de espera por um leito, destes, 600 esperam por um leito de UTI e 613 por uma enfermaria.