Giro político do dia 12 de julho de 2019

Homenagem a morto pelo MST

Conhecido pelas homenagens aos colegas da Polícia Militar, o vereador Sebastião Madril (PMB) elaborou mais um projeto que enaltece o trabalho da equipe. O homenageado desta vez é o policial militar Adelino Arconti, morto em 1993, aos 28 anos, quando fazia parte do Serviço de Inteligência do 6º BPM (Batalhão da Polícia Militar). Ele e outros dois policiais (Vicente de Freitas e Algacir Bebber) foram até uma fazenda invadida pelo MST (Movimento dos Trabalhadores Sem-Terra) em Campo Bonito, onde entraram em confronto. Pelo que descreve o texto do parlamentar, “o grupo de sem-terra estava armado com revólveres, pistolas, espingardas calibre 44 e farta munição”. Os policiais foram mortos a tiros e pauladas. A proposta do parlamentar é de que a Farmácia Básica I leve o nome de Adelino.

Octacílio Mion

O Terminal de Passageiros do Aeroporto também está prestes a receber a o nome do ex-prefeito Octacílio Mion, que exerceu dois mandatos: 1960-1964 e 1969-1973. O empresário faleceu aos 89 anos em novembro de 2015. A proposta é do vereador Misael Júnior (PSC). Já existia uma lei municipal – proposta pelo ex-vereador Pedro Martendal – homenageando o político, mas não havia imóvel com seu nome ainda.

Beneficiados

Quais as empresas beneficiadas no último Programa de Refinanciamento Fiscal da Prefeitura de Cascavel? Essa é uma das informações requisitadas pelo vereador Fernando Hallberg (PPL). Embora tenha feito a solicitação dos dados, até agora nada de receber a planilha dos beneficiados com descontos de multas e juros. E agora vem novo Refis para quem tem dívidas pendentes.

Garantias

Com mais de 200 servidores na Cettrans, o secretário de Planejamento e Gestão, Edson Zorek, garantiu que a maioria será mantida na autarquia que será criada, a Transitar. Porém, o vereador Paulo Porto (PCdoB) não ficou convencido e quer garantias de que os profissionais serão readmitidos.

Feridos

A Comissão de Segurança e Trânsito está apurando relatos de alunos que se feriram durante o curso de formação da Guarda Municipal, que por enquanto está sem diretor. A secretária de Políticas Públicas sobre Drogas, Rosely Vascelai, foi questionada sobre alguma lesão ocorrida, a gravidade e se foram tomadas as devidas providências para apurar as responsabilidades.

Rede privada

Para reduzir a sobrecarga nos leitos do SUS (Sistema Único de Saúde), o vereador Rafael Brugnerotto (PSB) apresentou proposta de lei que autoriza enfermeiros e médicos que atendem casos de urgência e emergência a encaminharem pacientes para a rede privada. Por orientação do Ministério Público, isso já é feito pelos profissionais que atuam no Samu e no Siate.

 



Fale com a Redação

um × 2 =